Guarda Municipal já abordou 132 pessoas tomando banho nas represas de Caxias do Sul em fevereiro
Prática é proibida e possui alto risco de afogamentos
Postado dia 23/02/2018 às 15:10

A Guarda Municipal (GM) já abordou 132 pessoas que estavam tomando banho nas represas que compõem o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), entre os dias 1° e 22 de fevereiro. A Patrulha Ambiental da GM atua 24 horas por dia fazendo rondas nesses locais.

O diretor da Guarda Municipal, Ivo Rauber, reforça que o banho é proibido nesses locais por conta do alto risco de afogamento. “Há placas do Samae alertando que é perigoso entrar na água e nós sempre chamamos a atenção das pessoas, salientando a proibição. Se não fosse esse trabalho de prevenção, temos certeza que esse número seria ainda maior”, alerta Rauber.

Patrulha Ambiental da GM atua 24 horas por dia fazendo rondas nesses locais

Foto por Luana Giazzon

Das 132 abordagens, 29 foram na barragem Maestra, 25 na Faxinal, 10 na Samuara, 15 na Marrecas e 53 na Dal Bó, que registra um número mais expressivo principalmente por estar dentro da área urbana. A comunidade pode denunciar banhistas, caçadores e pescadores que entram nessas áreas por meio do plantão da Guarda Municipal pelo telefone 153.

Assessoria de Imprensa - SMSPPS e Samae