Assistentes sociais da FAS se reúnem para discutir inserção profissional
Encontro ocorreu para articular ações de parceria para estágio obrigatório em Serviço Social
Postado dia 16/05/2018 às 17:07

As assistentes sociais da Fundação de Assistência Social (FAS) se reuniram na tarde desta terça-feira (15/05) para discutir ações de parceria para o estágio obrigatório em Serviço Social e demandas pertinentes à formação em serviço. O encontro foi conduzido pela diretora de Proteção Social Básica da FAS, Heloísa Teles, e contou com a presença da professora e coordenadora de estágios do curso de Serviço Social da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Margareth Lucia Paese Capra.

A reunião fomentou a discussão entre as servidoras que supervisionam os estágios obrigatórios na área de serviço social. “Cada estágio tem duração de um semestre letivo. No início de cada um, o estudante fica responsável por elaborar um plano de estágio, com o apoio da supervisão acadêmica e da assistente social. No decorrer dos estágios, o aluno tem possibilidade de ter experiências práticas, que o ajudam na formação profissional”, explicou Margareth. A coordenadora ainda comentou sobre as responsabilidades das supervisoras e a importância da autonomia dos alunos nos diferentes serviços da FAS nos quais eles estão atuando.

Assistentes sociais interessadas na supervisão de estágios serão inscritas em um banco de dados da FAS

Foto por Veronice Paim

Parceria com IES

As assistentes sociais interessadas na supervisão de estágios serão inscritas em um banco de dados da FAS. As Instituições receberão uma cópia para encaminhar os estudantes para o estágio obrigatório. Existe uma proposta de constituir uma comissão para elaboração de percursos formativos para os assistentes sociais da Fundação, contando com a parceria das IES e do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS).

Assessoria de Imprensa - FAS