1. Início
  2. Notícias
  3. 2005
  4. Julho

Prefeito Sartori assina convênio pioneiro no Estado para destinação de pneus

Publicada dia

O Prefeito José Ivo Sartori, juntamente com o Diretor-Presidente da Codeca, Adiló Didomênico, e o Secretário do Meio Ambiente, Ari Dallegrave, firmaram na manhã desta quarta-feira, um convênio inédito no Estado. O Poder Público e a Associação Nacional das Indústrias de Pneumática (ANIP) assinaram parceria para o recolhimento e destinação adequada dos pneus inservíveis. Os representantes da ANIP, Villien José Soares (diretor-geral) e Daniel dos Santos (assistente de logística) estiveram presentes na solenidade, bem como, outras autoridades do Município.

No seu pronunciamento, o diretor-geral da ANIP lembrou da “guerra dos pneus”, assunto de destaque na imprensa brasileira. “O Brasil vive uma polêmica comercial entre os fabricantes e os importadores. É uma concorrência desleal. Não precisamos do lixo do primeiro mundo”, falou Villien José Soares referindo-se a importação de pneus usados com custo zero. Outra questão destacada pelo representante da Associação é a preservação do meio ambiente. “Precisamos destinar corretamente esse material, existe uma lei que determina isso (Lei 258/99). Queremos conscientizar a sociedade da importância do recolhimento desses pneus, portanto estamos firmando essa parceria com Caxias do Sul, o primeiro convênio do Estado nesse sentido”, informou Soares.

O Diretor-Presidente da Codeca e o Secretário do Meio Ambiente salientaram o trabalho conjunto de órgãos da Administração Comunitária para agilizar o convênio com a ANIP e destinar corretamente os pneus iservíveis. “Agradeço o Prefeito Sartori pela preocupação com o ambiente para definimos a parceria que assinamos hoje”, disse Adiló Didomênico. “Agora, além de fiscalizarmos, temos alternativa para oferecer ao cidadão”, emendou Ari Dallegrave.

O Prefeito José Ivo Sartori sentiu-se orgulhoso do trabalho da sua equipe de governo, propondo novidades e buscando sanar as necessidade da população caxiense. “Foram rápidos, ágeis e capazes de inovar. Que esse convênio se torne um exemplo para o país. Queremos sempre parcerias que tragam melhorias aos caxienses, garantindo a sua qualidade de vida”, enfatizou. Sartori lembrou também da época da estiagem. “Vimos represas vazias onde apareciam vários pneus jogados indevidamente na natureza. Outro caso é a dengue, problema de saúde pública”, destacou.

O convênio entre a Administração Comunitária e a Associação Nacional das Indústrias de Pneumática tem o objetivo de proteger o meio ambiente através da destinação adequada dos pneumáticos inservíveis, ou seja, sem condições de rodagem ou de reforma. O local de destino dos pneus, chamado de Ecoponto, será a Codeca (Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul), que preparou um ambiente especial para o armazenamento, denominado CAPI, sigla para Central de Armazenamento de Pneus Inservíveis.

CAPI: A Central de Armazenamento de Pneus Inservíveis começa a funcionar a partir de hoje. O espaço localizado na Codeca vai receber todo tipo de pneu usado de empresas (revendas, borracharias, transportadoras, frotistas, etc...) que utilizam este tipo de produto e geram este tipo de material, desde automóveis até de máquinas pesadas.

RECOLHIMENTO: É necessário ligar para a Codeca (224.9351) e marcar a entrega com o setor de vendas, fazer uma nota fiscal para transporte (sem valor comercial), para controle. O horário de atendimento é pela manhã, das 8h às 11h.

Não há quantidade mínima de pneus para levar até a Codeca ou solicitar a coleta. O custo por unidade varia entre R$2 a R$10 (referente ao armazenamento e ao transporte dos pneus).

A comunidade em geral também pode levar pneus para a CAPI ou devolver no local onde os comprou.

Fabiana de Lucena (Mtb9247)

Assessoria de Imprensa