1. Início
  2. Notícias
  3. 2005
  4. Novembro

Plano Diretor deve ser enviado à Câmara a partir de março

Publicada dia

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria do Planejamento Municipal (Seplam), realizou nesta quarta-feira (30/11) uma reunião com representantes de entidades parceiras nas discussões do Plano Diretor para avaliar o trabalho desenvolvido até aqui. Foram discutidos princípios e diretrizes gerais do documento, que está sendo elaborado com a participação da comunidade. A expectativa da Administração é que o Plano Diretor seja enviado à Câmara de Vereadores a partir de março de 2006.

A reunião foi coordenada pelo Prefeito em Exercício, Alceu Barbosa Velho, e pelo titular da Seplam, Vinicius Ribeiro. O encontro contou com a presença de representantes do Sinduscon, CIC, OAB, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, CRECI, UAB, CDL, Sindilojas e UCS. Também participaram integrantes das equipes da Secretaria do Meio Ambiente, além do titular da pasta dos Transportes, Jorge Spinelli Dutra, e o diretor geral do Samae, Marcus Vinicius Caberlon.

O Prefeito em Exercício, Alceu Barbosa Velho, agradeceu aos representantes das entidades pela presença e pela participação intensa nas discussões do Plano Diretor. Em nome do Prefeito José Ivo Sartori, que está em São Paulo com a comitiva da Festa da Uva, Barbosa Velho elogiou a transparência do processo.

No decorrer da reunião, os representantes das entidades se manifestaram em relação aos princípios e diretrizes pré-estabelecidas 9em anexo) para o Plano. Alguns deles propuseram alterações no sentido de tornar o texto mais didático e objetivo. Entre as sugestões, foram citadas:

* busca de alternativas para garantir a preservação do meio ambiente, expressa nas diretrizes gerais;

* ampliação da integração regional;

* especificação da vocação turística e empresarial de Caxias do Sul;

* preocupação com o valor social da propriedade;

* crescimento desordenado no meio rural;

* descentração (descentralização do centro) da cidade, entre outras.

De acordo com o secretário Vinicius Ribeiro, os representantes das entidades querem que o debate avance em todas as questões. “Estamos trabalhando com muita intensidade para alcançar o consenso, sempre priorizando o desenvolvimento sustentável e o bem-estar da comunidade”,diz.

Alexandra Baldisserotto (SC 00733 JP)

Assessoria de Imprensa