1. Início
  2. Notícias
  3. 2005
  4. Dezembro

Prefeito Sartori sanciona projetos de três vereadores

Publicada dia

O Prefeito José Ivo Sartori sancionou nesta semana projetos dos vereadores Alfredo Tatto, Gustavo Toigo e Felipe Gremelmaier. As leis passam a valer a partir desta quinta-feira (29), data da publicação no Jornal do Município.

De autoria do vereador Tatto, fica revogada a Lei nº 6.198, de 08 de março de 2004, que delimita área do perímetro urbano e a denomina de Bairro Nossa Senhora do Rosário.

Já o parlamentar Gustavo Toigo propôs instituir o Dia do Vitivinicultor, em homenagem aos produtores de uva e vinho da região. A data passa a ser comemorada anualmente em 29 de junho, por ser época da abertura da safra e dia de São Pedro, conhecido como o padroeiro do tempo, do qual os agricultores dependem para o cultivo e qualidade das uvas e elaboração dos vinhos. Além disso, com a Lei 6.468 de 19 de dezembro de 2005, fica autorizado às vinícolas o uso ao rótulo do produto, da expressão “Produtor Caxiense”.

Com a sanção da Lei nº 6.456 do último dia 15 de dezembro, proposta pelo vereador Felipe Gremelmaier, os surdos passam a ser atendidos pelos servidores da Administração Pública, direta ou indireta. Diz a lei, ainda que fica reconhecida, no âmbito do Município, a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Na Prefeitura, 22 servidores estão aptos a se comunicar com libras. “A Divisão de Recursos Humanos proporcionou diversos cursos de capacitação, visando a qualificação dos servidores este ano. Um deles foi o curso de libras, que vai facilitar o atendimento a esse público específico, melhorando seu acesso aos serviços públicos”, informa Edson Mano, Secretário da Administração.

O Secretário Mano anuncia ainda que esse grupo irá se especializar na linguagem, para melhorar a compreensão e a comunicação. “Além disso, os servidores da Saúde e da FAS irão ter aulas de libras, o vocabulário básico da demanda de cada área”, destaca.

Fabiana de Lucena (Mtb9247)

Assessoria de Imprensa