1. Início
  2. Notícias
  3. 2016
  4. Fevereiro

Noite do Reggae leva 25 mil pessoas ao Parque de Eventos da Festa da Uva

Publicada dia

Eletrizante. Assim pode ser definida a Noite do Reggae na Festa da Uva 2016, que agitou o Espaço Multicultural do Parque de Exposições por mais de quatro horas, entre a noite de quinta-feira (25) e a madrugada desta sexta-feira (26). De acordo com a Brigada Militar, 25 mil pessoas assistiram às apresentações da banda Chimarruts e Armandinho.

Às 21h30, a Chimarruts subiu ao palco e, logo de cara, agraciou o público com “Do Lado de Cá”, sucesso nacional lançado em 2010. Em seguida, o destaque ficou para a dobradinha do grupo com regueiro gaúcho Luis Vagner, sucesso do gênero desde 1960. No repertório, também houve espaço para “Iemanjá”, “Pra Ela” e “Versos Simples”. Clássicos de Bob Marley e uma participação especial de Armandinho, em “Marujo”, já na reta final de show, também agradaram. Por fim, vieram as canções “Chapéu de Palha”, “Nova Ordem” e “Meu Erro”, sucesso dos Paralamas do Sucesso regravado pela banda.

Entre os milhares fãs da “Chima”, como o grupo é carinhosamente chamado por seus admiradores, estava Maria Luíza de Lima dos Santos, de 19 anos. A jovem fez da Festa da Uva 2016 uma oportunidade para aumentar sua renda e curtiu o show de sua banda favorita mesmo trabalhando em um dos bares que estavam abertos durante as apresentações no Espaço Multicultural. “O primeiro show da minha vida foi da Chimarruts, em 2008, aqui nos Pavilhões. Desde lá, compareci a mais de 15 shows do grupo. Aliás, parei de contar no 15° (risos)”, afirmou ela, animada, destacando que adora todas as músicas da banda, em especial “O Sol”.

Pouco antes da meia-noite, o catarinense Armandinho iniciou sua apresentação. Mesmo com o atraso de quase uma hora, o público não se deixou abater, e manteve-se animado após o contagiante show da Chimarruts, que durou mais do que o tempo estipulado pela organização do evento.

A performance do regueiro, marcada pela mistura de clássicos e sucessos recentes, iniciou com “A Ilha”. Em seguida, vieram “Reggae das Tramanda”, “Ursinho de Dormir” e “Lua Cheia”. “Desenho De Deus” e “Balanço da Rede” também empolgaram, assim como “Outra Noite Que Se Vai”. Ao cantar “Paulinha”, Armandinho surpreendeu e chamou uma espectadora para subir ao palco.

“Toca Uma Regueira Aí” também não poderia faltar, assim como “Semente”. Antes, o cantor levantou a plateia com “Ah! Eu Sou Gaúcho”. “Sentimento”, cantada em tom empolgante pelo público, foi a responsável por encerrar o show de 1h40min.

Durante as apresentações, o público cantou as músicas de Armandinho e Chimarruts em uma só voz, emocionando os artistas. Fato que comprova que apenas um sentimento se fez presente nos shows da Noite do Reggae: o da felicidade.

Dinâmica Comunicação - Assessoria de Imprensa da Festa da Uva 2016

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por ANTONIO LORENZETT

Foto por ANTONIO LORENZETT