1. Início
  2. Notícias
  3. 2016
  4. Abril

Escola Municipal Sete de Setembro sedia o projeto 'Valorizar o civismo e a cidadania é legal'

Publicada dia

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SMED), informa que a Escola Municipal de Ensino Fundamental Sete de Setembro participou, na tarde desta quinta-feira (28/04), do Projeto “Valorizar o civismo e a cidadania é legal”. A ação é uma iniciativa da Liga de Defesa Nacional Núcleo Caxias do Sul, em parceria com o Programa Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (CIPAVE), e visa desenvolver o civismo e o culto à Pátria através do respeito aos símbolos nacionais brasileiros.

A atividade iniciou com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Rio Grande do Sul e de Caxias do Sul, e execução do hino nacional brasileiro pela banda Fanfarra do 3º Grupo de Artilharia Antiaérea (3º GAAAE). Na sequência, a instituição foi presenteada com um exemplar da bandeira nacional, doada pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG), além de lembrança e Certificado de Participação à direção da Escola. Houve, ainda, apresentação cívica dos 140 alunos do turno da tarde que cantaram a música “Aquarela” e execução do hino riograndense. Já no final da cerimônia, a estudante Sarah Victória da Silva, do 7º ano e representante do programa CIPAVE, soltou balões nas cores verde e amarelo como forma de prestar homenagem à pátria.

O secretário da Educação, Agenor Basso, conversou com os estudantes sobre civismo. ““Estudar é um ato cívico. O Brasil precisa de vocês, estudantes, para cuidar do nosso país. Não parem de estudar pois ele é o caminho para vencer os desafios da vida. Cultivem o amor à nossa pátria, pois ela é feita por todos nós”.

O presidente da Liga Nacional de Caxias do Sul, Marcos Tronca, falou sobre o que é ser patriota. ““Estudar, obedecer o pai, a mãe e os professores, cuidar dos bichinhos de estimação. Essas atitudes já demonstram o patriotismo. Nunca esqueçam disso e escolham, sempre, o caminho da paz”, disse.”

Já a diretora, Simone Santini Baratto, agradeceu aos presentes pela iniciativa. ““Nos tornamos bons cidadãos quando fizemos as coisas certas, mesmo quando ninguém está vendo. Dessa forma, seremos sempre justos e honestos. Obrigada, em nome da escola, por plantarem a esperança de uma pátria melhor”.

A cada mês, uma escola é contemplada com o projeto. Desde o início de sua implantação, em 2015, oito escolas da rede municipal já participaram da ação.

Assessoria de Imprensa - SMED

Galeria de imagens
1 de 8 imagens

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF

Foto por ANDRESSA BOFF