1. Início
  2. Notícias
  3. 2016
  4. Agosto

Projeto Ser Pai, Ser Mãe orienta sobre relações familiares e cuidado infantil

Publicada dia

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria da Saúde – CAIS Mental, promoveu nesta quarta-feira (31.08) o encerramento da série de palestras com a temática “As crianças precisam ser cuidadas”. A iniciativa integra o projeto Ser Pai, Ser Mãe elaborado pelo serviço anualmente com o objetivo de fornecer informações aos pais e/ou responsáveis das crianças atendidas no ambulatório.

O encontro foi coordenado pela psicóloga do APOIAR, Janet Vivan. Na abertura da palestra, ela destacou a importância do cuidado ainda nos primeiros dias de vida da criança. “Desde que nasce até atingir a fase adulta, é um período que a pessoa está aprendendo tudo, de qualquer lado e de qualquer forma. Tudo que as crianças absorverem vai constituir essa pessoa e se eles estiverem sendo observadas e cuidadas é mais fácil que as influências sejam mais positivas”, explicou.

Janet defendeu também a importância da mudança de comportamento não apenas das crianças, mas também do cuidador. “Se não melhorarmos a gente mesmo, será difícil melhorar o outro. Precisamos saber o que estamos dispostos a mudar para que a criança mude. Se o adulto que convive com a criança não mudar, a criança também não vai mudar. Não existe uma pílula mágica que vai mudar o comportamento de uma criança. Todo o comportamento da criança é resultado do que ela vive em família, na escola ou em outros ambientes de convivência”, afirmou.

A psicóloga alertou ainda sobre o equilíbrio na educação infantil, onde os pais ou responsáveis não devem ser violentos, mas também não devem ser permissivos em tudo. “As crianças não podem ser os reis dentro de casa. Criança e adolescente não manda em adulto, porque eles não têm maturidade. E eles não precisam ter todas as vontades deles atendidas porque a gente dá o que precisa e o que pode. Se você atende a todas as vontades deles, eles não vão ter força de ir atrás do que eles precisarem no futuro”, disse.

Nesta série de encontros, o foco foi abordar como cuidar das crianças e como isso pode ser negociado entre pais e outros responsáveis.

Assessoria de Comunicação - Secretaria da Saúde

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por ANDRESSA GALLO

Foto por ANDRESSA GALLO