1. Início
  2. Notícias
  3. 2016
  4. Setembro

Semana do Turismo: diretor de produtos nacionais da CVC palestra na reunião-almoço da CIC

Publicada dia

Dando continuidade às ações da 7ª Semana Municipal do Turismo, a Secretaria do Turismo (SEMTUR) e o Conselho Municipal do Turismo (COMTUR) promoveram nesta segunda-feira (26) o encontro '"O futuro do turismo em Caxias do Sul e Região Uva e Vinho'", coordenado pelo diretor geral de produtos nacionais da CVC, Claiton Armelin. Realizada junto ao restaurante da Câmara de Industria, Comércio e Serviços (CIC), a proposta do evento era debater os atrativos turísticos do Estado e algumas estratégias para impulsionar o segmento e atrair visitantes do restante do país.

O presidente da CIC, Nelson Sbabo, deu inicio à reunião salientando que a cidade não pode mais ser vista como exclusivamente industrial. '"Nunca antes o setor foi tão valorizado e procurado como solução para repensar a economia de Caxias. A exemplo do que tivemos no passado, é importante relembrar que nós já fomos um polo turístico bastante forte, antes mesmo de municípios tradicionais no segmento como Gramado e Canela. Que essa região, tão rica em belezas e detalhes, possa trazer cada vez mais turistas em busca do clima, das paisagens e da gastronomia diferenciada!'", afirmou.

Em seguida, Claiton Armelin fez uso da palavra e explicou que o turismo é a arte de receber bem. Há mais de 20 anos no segmento, ele considera importante investir em novidades, algo que envolva e cative os visitantes. Armelin também ressaltou que é necessário proporcionar mais divulgação dos eventos regionais de modo que este material chegue aos turistas em potencial. '"O cliente não deixou de viajar, mas esta adequando este desejo ao atual momento econômico e é essa adequação que impulsiona o turismo dentro do Brasil. Vamos aproveitar esse momento e convida-lo a conhecer a Serra Gaúcha '".

Como estratégia para auxiliar no desenvolvimento do setor, o representante da CVC acredita que se faz necessário investir em atrações permanentes. Em sua visão, por exemplo, a estrutura do Parque Mario Bernardino Ramos poderia ser melhor aproveitada. '"Sabemos que a Festa Nacional da Uva atrai muitas pessoas, mas desenvolver uma rota que propicie momentos de lazer 365 dias no ano é a garantia de lucratividade permanente. O turista gosta de viver o seu passado e a Serra tem locais que possibilitam essa incursão nas origens, por isso aprimorar os serviços e atrativos que já se desenvolveram aqui, como o espetáculo Som & Luz e o conjunto de Réplicas podem se mostrar uma maneira de fomentar o turismo regional'", explica.

Dentre os grandes empecilhos que acabaram por barrar o crescimento do trade turístico na cidade, Armelin acredita que a frieza do mercado corporativo e a predominância das atividades metal-mecânicas podem ter contribuído para o enfraquecimento das atividades. Neste âmbito, a parceria público-privada, a exemplo de outras localidades, pode assumir papel essencial no segmento. Também foram consideradas algumas alternativas como o cicloturismo, recentemente assunto de debate em seminário realizado na Câmara de Vereadores; e o turismo religioso, em evidência graças à aprovação do Caminho Padre João Schiavo.

Para encerrar, o palestrante disse que fomentar as atividades turísticas é uma missão difícil, porém não impossível. '"Nós da CVC estamos à disposição para auxiliar na transformação de Caxias em um destino de destaque.'"

Assessoria de Imprensa - SEMTUR

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por NELICE DE NALLE

Foto por NELICE DE NALLE

Foto por NELICE DE NALLE