1. Início
  2. Notícias
  3. 2016
  4. Dezembro

Prefeito Alceu sanciona lei que estimula geração de empregos na indústria

Publicada dia

O Prefeito Alceu Barbosa Velho sancionou na tarde desta terça-feira (20/12), na presença de representantes de entidades empresariais, a lei que cria o Setor Especial Urbano (SEU) Produtivo, no Distrito de Fazenda Souza, estimulando a geração de empregos na indústria. Acompanharam a assinatura o presidente da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CIC), Nelson Sbabo, o presidente do Sindilojas, Sadi Donazzolo, o vice-presidente de Comércio da CIC, Ivanir Gasparin, o diretor da empresa Matrizes Belga, José Alceu Lorandi, o diretor da empresa Sul Corte, Paulo Spanholi, e os secretários municipais de Governo, Virgínia Biglia, do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego, Francisco Spiandorello, do Planejamento, Gilberto Boschetti, e arquitetos da pasta.

Alceu detalhou a lei e reforçou a importância do incentivo às indústrias, principalmente pelo período econômico que o país passa. “Convidei as entidades representativas para acompanhar essa assinatura. Era uma reivindicação da própria CIC que a gente conseguisse atrair, de alguma forma, empresas para Caxias ou, ao menos, não deixar que saíssem daqui. Demoramos algum tempo, mas encontramos uma alternativa, fruto de um estudo muito sério e aprofundado. A Matrizes Belga é o primeiro case: queria ampliar sua empresa, mas não tinha mais espaço por estar embaixo de uma rede de alta-tensão. Com terreno em São Braz, em área rural, onde poderia trazer mais empregos, desenvolvimento e impostos para Caxias, precisaríamos apenas descaracterizar uma área, passando de rural para urbana. Elaboramos, então, essa lei especial que mantém todas as exigências de sustentabilidade. Como contrapartida, a empresa irá asfaltar uma rua que abrimos na região. Vale ressaltar que esta empresa já tinha convite para se instalar em Farroupilha, São Marcos e Flores da Cunha”, relatou.

Para o Prefeito Alceu, o caso da empresa Belga é apenas o primeiro a se enquadrar nesta lei. “É uma lei enxuta, bem direcionada, que não deixa dúvidas para ninguém. Nosso desejo é que sirva de exemplo para outros investimentos. Essa iniciativa garantiu a geração de novos empregos diretos e indiretos. Espero que continue produzindo muito”, desejou.

O presidente da CIC, Nelson Sbabo, parabenizou o Prefeito Alceu pela iniciativa. “É um prazer muito grande estar presente neste momento. Essa iniciativa tem um significado completamente diferente de tudo que as pessoas possam julgar. A indústria de matrizes de Caxias do Sul é referência no mundo todo. Como presidente da CIC, considero um reconhecimento àquelas que também estão estabelecidas e que se desenvolveram aqui. Como gestor público, temos que ter essa sensibilidade que o Prefeito Alceu teve. É preciso lhe parabenizar pela iniciativa. Foi uma atitude que ajudou Caxias a continuar sendo o que sempre foi”, disse.

O diretor da empresa Matrizes Belga, José Alceu Lorandi, lembrou que a lei vai possibilitar a manutenção de 150 empregos e a criação de outros tantos, além da possibilidade de exportação. “Os técnicos da Prefeitura sempre nos receberam muito bem. Nós já estávamos decididos que se não conseguíssemos lá em São Braz, iríamos para outro Município. Mas, com o esforço de toda a equipe do Prefeito Alceu, temos condições de ampliar os empregos, além de podermos exportar a produção. Então, agradeço por este apoio à indústria caxiense como um todo, e agora vamos cumprir com a contrapartida”, salientou.

A lei dá outras diretrizes como o uso para fins urbanos e permissão apenas para atividade industrial. Serão observados ainda, os seguintes parâmetros construtivos para as edificações: Índice de aproveitamento de 1,2; Taxa de Ocupação de 60%; Taxa de Permeabilidade de 20%; APL 5,00m; e AF e diretrizes viárias de acordo com a legislação vigente. A publicação no Diário Oficial Eletrônico deve ocorrer nesta quarta-feira (21).

Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Caxias

Galeria de imagens
1 de 5 imagens

Foto por ÍCARO DE CAMPOS

Foto por ÍCARO DE CAMPOS

Foto por ÍCARO DE CAMPOS

Foto por ÍCARO DE CAMPOS

Foto por ÍCARO DE CAMPOS