1. Início
  2. Notícias
  3. 2016
  4. Dezembro

Prefeitura apresenta relatório final do Cadastro Ambiental Rural nesta quinta-feira

Publicada dia

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, promove nesta quinta-feira (22.12), a partir das 14h, no Salão Nobre do Centro Administrativo, a entrega oficial do relatório final com os dados completos, por região, do Cadastro Ambiental Rural (CAR) do Município.

Conforme os levantamentos finais, foram cadastrados 4.062 imóveis rurais, nos sete distritos de Caxias. O período de execução do trabalho foi de 16 meses. A elaboração do CAR totaliza um investimento na ordem de R$ 1,8 milhão e faz parte dos programas previstos no Plano Municipal da Mata Atlântica (PMMA). O recurso é oriundo do Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente (FUNDEMA), tendo os projetos sido aprovados pelo Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA), com a coordenação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA).

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um levantamento qualitativo das propriedades rurais do Município, algo como a carteira de identidade da propriedade, visando um efetivo zoneamento ambiental (rural). Para a execução do projeto a SEMMA elaborou uma cartilha orientativa do CAR, para facilitar a compreensão dos proprietários. Também foram realizadas 25 reuniões preparatórias que envolveram 1.964 agricultores de todo o interior de Caxias.

O CAR é um cadastro eletrônico com informações autodeclaratórias, de responsabilidade do proprietário rural, que farão parte do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR). O Cadastro Ambiental Rural é obrigatório. É uma base de dados estratégica para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas do Brasil. Com a situação regularizada, o agricultor pode ter acesso a créditos e a programas sociais. Em Caxias do Sul, todo esse serviço foi oferecido gratuitamente a todos os proprietários rurais.

A coordenadora do projeto do Cadastro Ambiental Rural de Caxias, Vanise Sebben, comenta o que será apresentado à comunidade. “Temos como resultado que 85% dos imóveis rurais cadastrados apresentam a Reserva Legal em conformidade com o Código Florestal. Isso é mais que um número, é uma prova de que é possível produzir sem deixar de preservar”.

Assessoria de Imprensa - SEMMA

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por MELISSA BUENO

Foto por MELISSA BUENO