1. Início
  2. Notícias
  3. 2018
  4. Fevereiro

Produtores investem no cultivo de figo em Caxias do Sul

Busca de consumidores por produtos diferenciados tem influenciado agricultores

Atualizada dia

A busca por uma diversidade de produtos por parte dos consumidores tem influenciado os agricultores de Caxias do Sul a investir em cultivos não tão comuns na região. Uma das alternativas tem sido o figo, fruta geralmente destinada à produção de doces.

O distrito de Criúva, no interior de Caxias do Sul, se destaca na produção da fruta. Elizete Alves de Castilhos começou o cultivo há apenas dois anos. Na sua propriedade, em São João da Mulada, há 1,2 mil pés. Neste ano, eles devem frutificar cerca de 700 quilos das variedades roxo de valinhos e negrito. A previsão da agricultora é faturar entre R$ 3 e R$ 3,80 o quilo, um pouco menos do que no ano passado. A baixa de preço se relaciona ao aumento da produção na propriedade.

Área plantada no município é de 25 hectares

Foto por Janaine Bagatini

Elizete ressalta que o cultivo de figo é uma ótima fonte de renda. “É uma fruta que vai madurando aos poucos, por isso a colheita fica mais fácil e consigo fazer tudo sozinha. Todos os dias colho alguns e no final da semana tenho uma quantidade significativa”, conta. O figo produzido em sua propriedade é vendido congelado e direcionado à industrialização da tradicional chimia. A agricultora ainda está fazendo testes para descobrir qual variedade se desenvolve com mais facilidade em sua propriedade. “O roxo de valinhos é o mais resistente, por isso apresenta menos quebra de safra”, diz. Entre a colheita de 2017 e a de 2018, Elizete dobrou sua produção, que é orgânica, e integra a Rede Solidária Ecovida.

Entre a colheita de 2017 e a de 2018, Elizete dobrou sua produção, que é orgânica, e integra a Rede Solidária Ecovida

Foto por Janaine Bagatini

Paulo Ricardo Facchin, engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), explica que a Rede é baseada na organização das famílias produtoras em grupos informais, associações ou cooperativas. “A Elizete faz parte de um grupo de seis produtores orgânicos certificados pela Ecovida e organizados pela Smapa. Todos eles contam com o nosso apoio técnico para a manutenção do cultivo”, enfatiza. O grupo foi criado em 2016 com o objetivo de fomentar uma alternativa de renda. Em Caxias existem seis famílias que cultivam figo. A área plantada no município é de 25 hectares.

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por Janaine Bagatini

Foto por Janaine Bagatini

Foto por Janaine Bagatini

Assessoria de Imprensa - Smapa