1. Início
  2. Notícias
  3. 2018
  4. Dezembro

Guarda Municipal de Caxias do Sul realiza mais de 15 mil atendimentos preventivos em 2018

Nesse período, o Centro de Ações Preventivas promoveu cerca de 280 atividades para a comunidade

Atualizada dia

A Guarda Municipal (GM), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS), realizou 282 atividades de prevenção ao crime em 2018. As ações do Centro de Ações Preventivas (CAP) contemplaram palestras, oficinas, círculos de paz, passeios educativos, entre outras propostas voltadas aos públicos infantil, jovem e adulto de Caxias do Sul. Cerca de 15,2 mil pessoas foram atendidas, entre estudantes e professores da rede municipal de ensino, servidores públicos e comunidade em geral.

Cristiano Vitali, diretor interino da GM, destaca a importância dessas iniciativas. “Quando o menor já foi recrutado pelo crime, por exemplo, não vemos muito resultado nas intervenções. Mas, através do CAP, da prevenção, é possível evitar esse tipo de comportamento”, aponta. O diretor explica, ainda, que a guarda também ajuda a garantir a segurança nas escolas. “A guarda escolar aplica a justiça restaurativa com o objetivo de resolver conflitos e resgatar vínculos, envolvendo não apenas os menores, mas pais, responsáveis e professores também. É um trabalho muito gratificante”, destaca.

Além das ações preventivas, a Guarda Municipal registrou, neste ano, mais de 650 situações de apoio a outros órgãos públicos, como Samae, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar e Secretaria do Meio Ambiente (Semma). Pela central telefônica 153, a GM contabilizou uma média de 10 atendimentos por dia à comunidade, incluindo fins de semana e feriados. De acordo com Vitali, a Guarda faz o monitoramento de aproximadamente 2 mil áreas públicas, 250 prédios públicos e 82 escolas da rede municipal. “Para isso, além das rondas e do monitoramento dos alarmes, contamos muito com o apoio da comunidade, que fazem denúncias anônimas através do 153”, declara.

A GM também oferece orientações a banhistas nas barragens Dal Bó, Faxinal, Maestra, Marrecas e Samuara. De janeiro a novembro, 187 intervenções foram realizadas, serviço que deve aumentar devido à procura pelas áreas de banho na temporada de verão.

Assessoria de Imprensa - SMSPPS