1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Janeiro

Caxias do Sul conta com 70 academias populares instaladas pela Smel

Equipamentos espalhados por diversos bairros incentivam o combate à inatividade física

Atualizada dia

Com o objetivo de proporcionar uma vida sem sedentarismo à população caxiense, as academias populares já estão em 70 localidades da cidade. Os equipamentos instalados pela Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (Smel) atendem a comunidade, inclusive, oferecendo opções para pessoas com deficiência (PCD’s). Em 2018, foram entregues nove novos espaços de lazer para a comunidade.

Um deles é o do bairro Jardelino Ramos, que foi inaugurado em setembro do ano passado. A área conta com uma pista de caminhada, quadra poliesportiva, academia ao ar livre e parque infantil. Além disso, o local ainda tem bancos de concreto, bebedouros, lixeiras e vasos de flores e temperos, que incentivam a comunidade a cuidar do espaço.

As academias possuem equipamentos para membros superiores e inferiores. Geralmente, os espaços contam com um multi-exercitador conjugado com seis funções, uma pressão de pernas duplo conjugado, um simulador de remo individual, além de um abdominal individual.

Galeria de imagens
1 de 7 imagens

Lucimar se exercitando no esqui, que aumenta a flexibilidade dos membros inferiores, quadris e membros superiores

Foto por Carolina Freitas

Placa orientativa, que explica a função de cada um dos aparelhos

Foto por Carolina Freitas

Foto por Carolina Freitas

Carmen utilizando o multi-exercitador, que fortalece, alonga e aumenta a flexibilidade dos membros superiores e inferiores

Foto por Carolina Freitas

Foto por Carolina Freitas

Foto por Carolina Freitas

Foto por Carolina Freitas

O diretor da área de Lazer da Smel, Alexandre Silvestrin, destaca os benefícios da prática de atividades físicas nesses espaços.

“As academias populares possibilitam a melhora e o desenvolvimento da força muscular, do condicionamento cardiorrespiratório e, principalmente, da mobilidade articular, que é de suma importância para a manutenção da capacidade funcional do indivíduo. O indicado é praticar exercícios, pelo menos, três vezes por semana nas academias”, comenta.

Carmen Sutil de Oliveira é moradora do bairro Cinquentenário e segue essa orientação: vem na academia popular, no mínimo, três vezes na semana, há três anos.

“Eu gosto muito daqui, porque dá para fazer uma caminhada, alongar. E acredito que a atividade física seja muito importante para a saúde, articulações, porque depois de realizá-las, nós ficamos mais dispostos, com mais agilidade e flexibilidade”, completou.

Lucimar da Rosa também frequenta a área de lazer do Cinquentenário há dois anos e acredita que os exercícios colaboram para parte física e mental dos praticantes.

“Percebo bastante diferença na minha vida depois que comecei a frequentar as academias populares. O espaço te ajuda a fortalecer a musculatura, te proporciona contato com a natureza e com outras pessoas também. A gente faz novas amizades. Eu, por exemplo, estou sempre conhecendo alguém”, contou.

Orientações para exercícios

Para as atividades físicas, recomenda-se que os moradores utilizem roupa e tênis confortáveis, levem uma garrafa com água mineral e, no verão, utilizem protetor solar, boné ou viseira, e óculos de sol. Além disso, é de importante que as pessoas estejam bem alimentadas, para que concluam as atividades com êxito. Os professores indicam fazer um aquecimento antes dos exercícios para manter os níveis de pressão arterial e, após a atividade, pode-se fazer um alongamento para relaxar a musculatura e manter a mobilidade articular.

Localidades contempladas pelas academias

Ana Rech, Bela VIsta, Cidade Nova, Cinquentenário (Parque Cinquentenário e pátio da Codeca), Cristo Redentor, Criúva, Cruzeiro, Diamantino, Exposição (Parque Getúlio Vargas, com uma academia para cadeirantes e outra como as demais, além de uma na Praça Monteiro Lobato), Fátima, Fazenda Souza, Forqueta, Galópolis, Jardelino Ramos, Jardim América, Jardim Eldorado (uma na rua: Armando Claudino Canalli e outra na rua: Candida Tomasi Rossa), Jardim Itália, Loteamento Brandalise, Loteamento Campos da Serra, Loteamento Colina do Sol, Loteamento Elyte, Loteamento Jardim La Paloma, Loteamento Jardim Margarida, Loteamento Jardim Iracema, Loteamento Moinhos de Vento, Loteamento Nahir Eberle, Loteamento Nossa Senhora Consolação, Loteamento Parque dos Vinhedos, Loteamento Popular Bom Pastor, Loteamento Residencial da Lagoa, Loteamento Rio Branco, Loteamento São Gabriel I, Loteamento Santa Teresa, Loteamento Veneza, Loteamento Vila Alvorada, Loteamento Villa Guilherme, Loteamento Vila Mariland, Loteamento VIla Pezzi, Loteamento Vila Verde, Madureira, Nossa Senhora da Saúde, Pedancino, Petrópolis, Pio X, Pioneiro, Presidente Vargas, Reolon, Rio Branco, Sagrada Família (uma unidade próxima à UBS e outra na Praça Dulce Moreira), Santa Corona, Santa Fé, Santa Lúcia do PIaí, São Caetano (uma unidade na Praça Kauã Alves Godinho Elias e outra próxima ao centro de convivência LEFAN), São Ciro, São José, São Paulo da 3ª Légua, São Pelegrino, São Vitor Cohab (uma unidade na rua Maurício Sirotisky Sobrinho e outra na praça do bairro, próxima ao Jornal Pioneiro), Serrano, Vila Cristina, Vila Gauchinha, Vila Oliva, Vila Seca.

Assessoria de Imprensa - Smel