1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Janeiro

Colônia de Férias da Smel inicia com atividades náuticas de vela, remo e canoagem

Estudantes das escolas municipais Erny de Zorzi, Santa Lúcia e Abramo Pezzi participam das ações durante esta semana

Atualizada dia

A Colônia de Férias dos programas Navegar e Atletas do Amanhã começou nesta segunda-feira (14/01) com atividades náuticas de vela, remo e canoagem no bairro Fátima Alto, próximo ao SESI, na represa São Miguel - Complexo Dal Bó. O programa é uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Smed) com a Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (Smel) e contempla crianças e adolescentes de oito a 17 anos.

Nesta primeira semana, as escolas municipais de Ensino Fundamental Erny de Zorzi, Santa Lúcia e Abramo Pezzi estão participando das atividades recreativas, jogos com bola e esportes náuticos, com supervisão e orientação de servidores da Smel. Caso chova em algum dia da semana, as ações ocorrem em local fechado, ainda na sede do Navegar, com recreação, jogos lúdicos e brincadeiras variadas.

A coordenadora do Programa Navegar, Diane Stefan, falou sobre a importância de preencher o tempo ocioso que as crianças têm nas férias.

“É fundamental que elas participem da Colônia, pois é um período em que estão em recesso escolar, então acabam ficando com muito tempo livre. E a Colônia proporciona que eles aprendam novas atividades, façam outros amigos, conheçam outros esportes, principalmente o Navegar, para que eles tenham um contato importante com a natureza”, enfatizou Diane.

A professora Valéria Cardoso exaltou as experiências que são proporcionadas às crianças. “O espaço é bem importante, pois oferece três esportes náuticos, que possibilitam que os alunos percam um pouco do medo. E ainda tem a natureza que é maravilhosa. É muito legal”, concluiu. Todos os alunos também receberam um lanche entre as atividades.

Galeria de imagens
1 de 4 imagens

Foto por Carlos Eduardo Carissimi

Foto por Carlos Eduardo Carissimi

Foto por Carlos Eduardo Carissimi

Foto por Carlos Eduardo Carissimi

Caiane Gonçalves, 10 anos, estudante da Abramo Pezzi, conta que estava ansiosa para as atividades de férias. “Eu acho muito legal vir para cá, porque a gente aprende e brinca ao mesmo tempo, é divertido”, opinou. Já Miguel Mazzoti, aluno da Erny de Zorzi, disse que já aprendeu diversas atividades no Navegar. “Eu que quis participar, porque é muito legal aqui. A gente aprende bastante. Eu já sei remar, ter equilíbrio e controle das embarcações”, comentou. “A escola sugeriu virmos para cá e eu achei que seria bom para aprender coisas novas, viver algo diferente”, concluiu Fernanda Vargas, 13 anos, da escola Santa Lúcia.

Vale lembrar que nas duas últimas segundas-feiras de Colônia (04/02 e 11/02) haverá novidades na programação. Nesses dois dias ocorrerá uma hora de atividades de dança com um oficineiro da Secretaria Municipal da Cultura (SMC). Neste ano, 14 escolas e uma associação serão beneficiadas pela Colônia de Férias. A estimativa é de que aproximadamente 45 alunos, de oito a 17 anos, participem das atividades semanalmente.

Assessoria de Imprensa - Smel