1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Janeiro

Daniel Guerra sanciona lei que institui jogo de bocha como esporte oficial em Caxias do Sul

Objetivo é homenagear atividade trazida pelos imigrantes italianos à cidade

Atualizada dia

O prefeito Daniel Guerra sancionou o projeto de lei que institui o jogo de bocha como esporte oficial em Caxias do Sul. O PL 121/2018, de autoria do vereador Renato Nunes, objetiva homenagear a atividade trazida à cidade pelos imigrantes italianos, além de estimular essa prática. A lei nº 8.363, de 27 de dezembro de 2018, foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (03/01).

“É mais que um esporte, é uma bagagem cultural, resgata nossas origens. É saudável e também proporciona integração entre amigos e família”, enfatizou o prefeito Daniel Guerra.

Os principais benefícios da bocha são desenvolvimento da autonomia, raciocínio e precisão, além de técnicas e táticas de jogo, capacidade visual, motora e de comunicação.

“Estamos muito felizes com a sanção e esperamos que, de agora em diante, ainda mais pessoas possam praticar o esporte, que a partir de 2020 será uma modalidade olímpica”, conta João Dreher, praticante do esporte.

Segundo ele, Caxias do Sul conta com cerca de 2,5 mil bochófilos.

Em 2018, a Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (Smel) promoveu os Jogos Abertos de Bocha em Areia e de Bocha Ponto Rafa Vollo no primeiro semestre. As atividades gratuitas envolveram quase 200 pessoas, inclusive de outros estados. As equipes ganharam medalhas e troféus.

Histórico

Conforme a matéria, a bocha é considerada um dos jogos mais antigos do mundo, com indícios de prática no Egito e na Grécia antiga, além da Itália. No Brasil, a bocha chegou por meio dos imigrantes italianos a partir do século XIX. Em Caxias do Sul, a bocce ou boccia teve seu nome adaptado para bocha e se tornou uma atividade corrente nas colônias italianas que se multiplicaram pelos bairros da cidade.

Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Caxias do Sul