1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Janeiro

Safra da maçã em Caxias do Sul deve chegar a 113 mil toneladas

Colheita da fruta ocorre de dezembro até metade de abril

Publicada dia

A safra da maçã deve chegar a aproximadamente 113 mil toneladas em Caxias do Sul. Ao todo, são 2.825 hectares plantados no Município. A colheita iniciou em meados de dezembro e segue até metade de abril. Atualmente, a variedade que está sendo colhida é a gala. Caxias é a segunda maior produtora da fruta no Rio Grande do Sul, ficando atrás somente de Vacaria, responsável por metade da produção do Estado.

Mauro Luis Tessari, engenheiro agrônomo da Emater, enalteceu a qualidade da fruta neste ano. “A safra vai ser boa, em quantidade já esperada e muito grande. O frio colaborou também, porque as maçãs produzidas no Brasil como a gala ou a fuji precisam de um clima assim e a Serra Gaúcha é perfeita neste quesito”, destacou.

A variedade gala apresenta polpa fina, doce e aromática, tem o formato redondo e alongado e cor vermelha clara. Já a fuji tem sabor doce e ácido, é redonda, de casca vermelha rajada, polpa dura e textura suculenta. O tempo de floração da maçã é de 20 a 30 dias.

Galeria de imagens
1 de 4 imagens

Foto por Ruan Alves

Foto por Ruan Alves

Foto por Ruan Alves

Foto por Ruan Alves

José Taiarol, engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), salientou as características da colheita deste ano. “Basicamente essa safra será semelhante à passada. Algumas localidades começaram a colher antes do previsto, porque não houve geada. O preço está acessível também, porque tem uma quantidade expressiva da fruta”, apontou.

Paulino Peruchin, 48 anos, mora em São Valentim, 6ª Légua, produz caqui e pera, além de 170 toneladas de maçã por ano em 4,3 hectares plantados. Ele está colhendo a variedade gala até 25 de fevereiro. “A coloração e o tamanho estão bons, apenas o granizo atrapalhou e por isso a quantidade aqui na propriedade será um pouco menor em relação ao ano passado, mas não tenho do que reclamar”, frisou.

A próxima variedade a ser colhida será a fuji. Atualmente, o preço da fruta para o consumidor está girando em torno de R$ 4,40 o quilo.

Assessoria de Imprensa - Smapa