1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Janeiro

Semma realiza primeira edição do projeto Plantar e Colher em 2019

Atividade foi desenvolvida para crianças da Colônia de Férias do Clube Juvenil

Atualizada dia

O setor de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) realizou na semana passada a primeira edição de 2019 do projeto “Plantar e Colher: Hortas Urbanas”. A atividade foi desenvolvida para a Colônia de Férias do Clube Juvenil e 20 crianças participaram da ação. Na oportunidade foi desenvolvida uma conversa sobre a importância de cuidar da natureza, além de apresentar os passos para criar uma horta e plantar mudas nos canteiros.

O “Plantar e Colher - Hortas Urbanas” tem o objetivo de contribuir para a compreensão da complexidade do ambiente em suas dimensões ecológicas, econômicas e sociais para sensibilizar a população sobre a importância das questões ambientais. Além disso, também propõe às crianças ampliar os conhecimentos e a consciência do ambiente no qual elas vivem. A Semma procura incentivar os estudantes a contribuírem com a adoção de novas práticas, tendo em vista o potencial que eles têm de propagar e disseminar o conhecimento com pais e amigos.

O monitor da Colônia de Férias do clube, Josimar Henrique dos Santos, comentou a relevância da ação. “É muito importante esse projeto que é desenvolvido para a conscientização da preservação do meio ambiente, tanto para as crianças quanto para os adultos. Apesar de ter muitas informações sobre o assunto em diversos tipos de mídia, quando essa informação é levada ao público pessoalmente, há um aproveitamento e entendimento maior, ainda mais se tratando de crianças. Isso gera nelas questionamentos oportunizando a experiência de plantar, instigando o cuidado e a vontade de ver que tudo isso no futuro trará colheitas satisfatórias”, analisou Santos.

Galeria de imagens
1 de 7 imagens

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Foto por Fábio Bielscki de Matos

Já a gerente do setor de Educação Ambiental, Cassiane Giacomelli, ressaltou a importância desse trabalho.

“É muito interessante continuar esse projeto, pois sabemos a relevância e o impacto que ele causa nas crianças e na comunidade em geral, elas são propagadoras do conteúdo que aprendem. O principal objetivo desta atividade é conscientizar as crianças e demonstrar como cultivar o próprio alimento, para que futuramente tenham a consciência de consumir produtos sem agrotóxicos, além de saber que com isso elas ajudam a manter o meio ambiente mais limpo”, explicou Cassiane.

A ação faz parte de uma série de atividades que são desenvolvidas pelo setor de Educação Ambiental da Semma. Além das palestras, a equipe faz roteiros no Mato Sartori, que está aberto durante todo o mês de janeiro sem necessidade de agendamentos, e no Jardim Botânico, para escolas e comunidade em geral. As visitas guiadas ocorrem com grupos fechados de no mínimo 15 pessoas e máximo de 30 por visitação. Além disso, o setor oferece apresentações de fantoches, a fim de ensinar as crianças de três a oito anos a descartar corretamente os resíduos.

Para agendar atividades gratuitas com a Educação Ambiental basta entrar em contato pelo número (54) 3901.1445, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Assessoria de Imprensa - Semma