1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Fevereiro

SMU prorroga prazo para solicitação de licenças para ambulantes na Festa da Uva

Comerciantes terão até esta sexta-feira (15/02) para encaminhar o pedido

Publicada dia

A Secretaria Municipal do Urbanismo (SMU) prorrogou em uma semana o prazo de solicitação de autorização para venda de alimentos nos arredores dos Pavilhões da Festa da Uva. Os comerciantes ambulantes que desejarem vender comidas e bebidas durante o evento, nos dias 22 de fevereiro a 10 de março, poderão encaminhar a licença até esta sexta-feira (15/02), na SMU.

O limite inicial era até a última sexta-feira (08/02), porém foram emitidas apenas 15 licenças. A secretária da pasta, Mirangela Rossi, explica que o período foi estendido porque mais pessoas demostraram interesse. “Mais comerciantes vieram solicitar informações, mas não encaminharam toda a documentação e não finalizaram o processo. Então, até o final desta semana, devem ser emitidas mais licenças”, ressalta.

De acordo com Mirangela, na Festa da Uva de 2016, cerca de 40 comerciantes foram licenciados. “Já havia o licenciamento, mas não existia esse regramento em relação às ruas. A SMU se baseou nos últimos números e colocamos 50 locais específicos destinados aos ambulantes nos arredores do Parque de Eventos”, esclarece a secretária.

Os interessados devem comparecer à SMU, localizada no terceiro andar da prefeitura, e apresentar: requerimento assinado pelo proprietário, que deve ser retirado na própria secretaria; duas fotos 3x4; cópia do documento de identificação com foto do proprietário e auxiliar (se houver); cópia do comprovante de residência atualizado; cópia da carteira de trabalho e previdência social atualizada; e, no caso dos veículos, também deve ser apresentada a Certificação de Inspeção Veicular. Também é necessário pagar uma taxa de R$ 97,86 para receber a autorização e apresentar o comprovante de pagamento.

Mesmo com a autorização, é proibida a permanência de ambulantes na rua Ivo Remo Comanduli, próximo aos portões de acesso dos pavilhões. É permitido que os comerciantes trabalhem nas ruas Deputado Luiz Carlos Festugatto, Padre Alberto Luis Lamonato, Firmino Pandolpho e em um trecho da Ludovico Cavinato, entre as ruas Egídio Antonio Marcarini e Deputado Luiz Carlos Festugatto.

Assessoria de Imprensa - SMU