1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Março

Caps infantojuvenil amplia atendimentos e passa a funcionar em novo endereço

Troca de local busca melhor atender os usuários. Nova sede abre nesta quinta-feira (07/03)

Atualizada dia

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Infantojuvenil Intersetorial Mosaico Aquarela passa a funcionar em novo endereço a partir desta quinta-feira (07/03). A mudança de local busca melhor atender as necessidades do serviço, que acolhe crianças, adolescentes e adultos jovens com sofrimento psíquico ou transtornos mentais graves e persistentes. A partir deste mês, o número de usuários aumentou, assim como as atividades ofertadas. A proposta terapêutica também foi qualificada, visando ao cuidado integral e à interação social.

A nova sede localiza-se na rua dos Ipês, nº 715, bairro Cinquentenário ll. Para marcar o início das atividades, será realizada uma cerimônia especial de abertura, a partir das 9h. Participarão usuários, familiares, equipes de trabalho e representantes das secretarias municipais da Saúde (SMS), da Educação (Smed) e da Fundação de Assistência Social (FAS). Apresentações musicais, atividades de recreação e a oferta de um café para confraternização completam a programação. O dia da abertura do serviço será dedicado à integração entre os profissionais e a população atendida e ao conhecimento do novo espaço. As ações terapêuticas iniciam na sexta-feira (08/03).

Elizabete Bertele, diretora da Rede de Atenção Psicossocial, lembra que a SMS assumiu os atendimentos dos usuários que eram assistidos pelo Mosaico Centro Dia por meio de convênio com uma entidade assistencial. Este convênio encerrou em meados de fevereiro. A municipalização do serviço ocorreu através da ampliação das ações do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Infantojuvenil Aquarela. “A partir de um estudo intersetorial, iniciado ainda em 2016, pela SMS, Smed e FAS, concluiu-se que essas crianças, adolescentes e jovens precisavam de atendimentos diversificados, de socialização, estimulação e desenvolvimento de suas capacidades físicas, mentais e de interação social. Sugeriu-se, então, ampliar as atividades do Caps Aquarela, já que a maioria dos usuários do Mosaico também recebia atendimento em saúde no Caps”, explica.

Foto por Carolina Canton

Com o objetivo de criar um espaço de cuidado integral, surgiu o Caps Infantojuvenil Intersetorial Mosaico Aquarela. Os nomes de ambos os serviços foram unidos, a fim de facilitar a identificação por parte do público-alvo e preservar a história de cada um. Todas as pessoas atendidas, tanto no Caps quanto no Mosaico, foram mantidas, totalizando 300 usuários. A meta é chegar a 470 atendimentos no decorrer do ano.

O anúncio de que a SMS assumiria o serviço a partir de março deste ano foi feito ainda em novembro passado. As mudanças foram compartilhadas com os usuários e familiares por meio de assembleias. Desde então, a equipe de trabalho e o espaço também foram sendo preparados para a nova modalidade de atendimento proposta.

A partir de agora, o serviço contará com profissionais de saúde (médicos, psicólogos, assistente social, enfermeiros, cuidadores em saúde mental) e de educação (professores com habilidades em atividades educacionais especializadas). “Estamos diante de um projeto inovador, uma conquista para o Município de Caxias do Sul. Queremos ofertar um serviço de excelência, trabalhando em parceria com as demais políticas públicas, unindo Saúde, Educação e Assistência Social, de forma intersetorial”, conclui Elizabete Bertele.

Profissionais de referência do serviço são capacitados

A capacitação da equipe de trabalho que atuará no Caps Infantojuvenil Intersetorial Mosaico Aquarela (fotos) culminou com um treinamento realizado entre os dias 27 de fevereiro e 1º de março. Cerca de 30 profissionais de referência participaram da formação, ocorrida na nova sede do serviço.

Entre os temas abordados nos encontros, destacam-se desenvolvimento infantil, transtornos do desenvolvimento e cuidado em saúde mental. Também foi feito um resgate da história da Rede de Atenção Psicossocial de Caxias do Sul e a discussão coletiva dos processos de trabalho da unidade. O treinamento foi organizado e ministrado pelas equipes das secretarias municipais da Saúde (SMS) e da Educação (Smed) e da Fundação de Assistência Social (FAS).

Galeria de imagens
1 de 4 imagens

Profissionais passaram por capacitação de 27/02 a 1º/03

Foto por Carolina Canton

Profissionais passaram por capacitação de 27/02 a 1º/03

Foto por Carolina Canton

Profissionais passaram por capacitação de 27/02 a 1º/03

Foto por Carolina Canton

Profissionais passaram por capacitação de 27/02 a 1º/03

Foto por Carolina Canton

Assessoria de Imprensa - SMS