1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Abril

Feira da Aprendizagem Profissional reúne mais de 150 pessoas na prefeitura

Coordenadoria da Juventude anunciou concurso cultural entre jovens aprendizes

Atualizada dia

A Feira de Oportunidades da Aprendizagem Profissional chegou à terceira edição com mais de 150 pessoas presentes no saguão do Centro Administrativo Municipal. O evento, realizado na tarde desta quarta-feira (24/04), é uma iniciativa da Coordenadoria da Juventude, unidade da Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS). A mostra reuniu entidades formadoras de jovens aprendizes e empresários que precisam cumprir a legislação quanto à contratação desses profissionais. Na oportunidade, também foi anunciado um concurso cultural voltado aos jovens aprendizes da Serra Gaúcha.

Conforme Lucas Guarnieri, titular da Coordenadoria da Juventude, o 1º Concurso Literário e de Imagem dos Aprendizes da Serra Gaúcha busca gerar uma obra a ser publicada com imagens, versos e prosas dos participantes. “Cada instituição formadora de jovens aprendizes fará seu processo de seleção interno e nos encaminhará cinco trabalho de prosa, cinco de verso e cinco de imagem. A Secretaria da Cultura fará uma avaliação dos trabalhos. Um selecionado de cada área será destaque, para capa do livro e textos de contracapa e orelha. Os outros materiais vão compor o livro”, explica Guarnieri. A iniciativa é do Fórum de Aprendizagem Profissional da Serra Gaúcha, do qual a coordenadoria faz parte. As inscrições começaram nesta quarta-feira e o regulamento completo consta no site da prefeitura.

Galeria de imagens
1 de 5 imagens

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Sobre a feira, Guarnieri celebra a terceira edição e a crescente participação de jovens, entidades e empresários. “Escolhemos essa data por ser o Dia do Jovem Trabalhador. A feira está crescendo, teve uma boa adesão por parte das instituições formadoras, que expuseram seus trabalhos. Esse é um processo de sensibilização das empresas presentes para cumprirem a legislação. Isso é que vai reverter na inclusão do jovem e na função social dessas empresas”, resume.

A tarde também contou com a palestra da representante da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Rio Grande do Sul (SRTE/RS), Denise Brambilla, esclarecendo dúvidas sobre a Lei do Jovem Aprendiz. “Chamo a atenção das empresas para que olhem o percentual de aprendizes contratados todos os meses, pois a fiscalização é mensal”, alertou. “Quem tem aprendizagem profissional sabe que é o melhor programa existente no Brasil e até fora do Brasil de inserção no mercado de trabalho. É bom para o jovem, porque vai ter um trabalho decente, é bom para a empresa, que tem mão de obra qualificada, e é bom para a sociedade, porque sabemos que o mal que há lá fora não abarcará esse jovem”, transmitiu Denise.

Oportunidades

A iniciativa foi muito interessante para Cauê Cassius de Camargo, de 17 anos. O jovem está finalizando o Ensino Médio em 2019 e já se prepara para os desafios da inserção no mercado de trabalho. “Eu vim conhecer porque nunca trabalhei. Queria trabalhar, aprender alguma coisa, ter um primeiro emprego. Quero fazer Medicina Veterinária na faculdade e busco algo nessa área. De qualquer forma, toda a experiência é válida”, contou.

Para Luana Bernardi, técnica de formação profissional do Serviço Social do Transporte (Sest) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), a Feira de Oportunidades foi uma ótima iniciativa. “É a primeira vez que participamos, pois passamos a integrar o Fórum no ano passado. Os que já estavam no grupo comentaram sobre esse evento e nos incentivaram a participar. Hoje, atendemos as empresas e explicamos os programas oferecidos. Também explicamos aos jovens como podem fazer nossas formações, que começam desde os 14 anos”.

Galeria de imagens
1 de 5 imagens

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Foto por Luciane Modena

Além da Coordenadoria da Juventude, o Fórum de Aprendizagem Profissional da Serra Gaúcha é composto pelas seguintes entidades: Ação Social Murialdo; Associação Literária São Boaventura – Lefan; Programa Florescer Iniciação Profissional – Instituto Elisabetha Randon; Centro de Formação Profissional Senai Nilo Peçanha; Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee/RS); Centro Profissional para a Cidadania; Ensino Social Profissionalizante (Espro) Polo Caxias do Sul; Escola Família Agrícola da Serra Gaúcha; Instituto Senai de Tecnologia em Mecatrônica; Projeto Pescar; Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac); Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat); Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Assessoria de Imprensa - SMSPPS