1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Abril

Prefeitura firma pacto de amizade com cidade italiana para desenvolvimento do município

Roteiro também incluiu visitas a empresas de diversos segmentos, universidades e Embaixada Brasileira

Atualizada dia

O pacto de amizade entre Caxias do Sul e a cidade italiana de Corbola está finalmente firmado. O Chefe de Gabinete, Chico Guerra, representando o prefeito Daniel Guerra, e a subprefeita de Galópolis, Ivete Marchi, estiveram na Itália recentemente para oficializar o pacto. Além da assinatura do acordo bilateral, a comitiva também visitou inúmeras empresas de diversos segmentos, universidades e órgãos institucionais da região do Vêneto com o intuito de conhecer o perfil econômico e produtivo das cidades italianas.

O documento foi assinado durante encontro institucional com o prefeito de Corbola, Michele Domeneghetti. Na ocasião, a comitiva também participou da premiação do projeto “O abraço dos jovens”, onde alunos italianos desenvolveram trabalhos sobre a imigração que integra Brasil e Itália. O pacto objetiva promover o desenvolvimento cultural, intelectual e econômico das duas comunidades, contribuindo para a construção de relações amigáveis. As ações do acordo tiveram início ainda em 2017, com a execução do projeto entre estudantes de Galópolis e Corbola. No ano passado, os italianos vieram para Caxias e conheceram mais sobre a cultura da Serra.

“A viagem foi muito produtiva, eles têm uma geografia parecida com a nossa. Também visitamos várias plantações onde aprendemos bastante vendo a maneira como eles produzem os vegetais lá. O pacto de amizade pode nos trazer muitos benefícios, principalmente aos jovens, com a possibilidade de termos um intercâmbio com estudantes de lá. Fomos muito bem recebidos por todos e foi uma oportunidade ótima”, resumiu Ivete Marchi, subprefeita de Galópolis.

Chico enalteceu a parceria entre as duas cidades. “A assinatura do pacto de amizade entre Caxias e Corbola trará inúmeros benefícios para o Município. Proporcionou, neste momento, muitos encontros institucionais, onde foi mencionada a história da imigração italiana. Enaltecemos o papel da nossa cidade nesse marco histórico vivenciado pelo Brasil e pela Itália. Além disso, oficializamos o convite de visita a Caxias do Sul ao primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, reforçando a parceria proposta pelo pacto. Foi uma experiência que abrirá muitas portas para o Município”, destacou Chico Guerra.

A programação ainda contou com uma visita ao presidente da Província de Rovigo, Ivan Dall’Ara, no Palácio Celio Rovigo. “Para mim foi um prazer e uma honra receber aqueles que posso chamar de meus irmãos, pois nasci em São Paulo. Tenho imenso carinho e senso de amizade. Essa terra é nossa, é de vocês também”, disse Dall’Ara.

Chico e Ivete também conheceram o Mercato Ortofrutticolo di Lusia, semelhante à Ceasa Serra, e o Ortodidattico di Renato Maggiolo, empresário que cultiva hortaliças e frutas sem adubo e sem veneno, usando outras técnicas e plantas como cobaias para evitar pragas nas plantações. Em mais um encontro institucional, Chico também foi recebido pelo secretário regional de Território, Cultura e Segurança, Cristiano Corazzari, no Palazzo Balbi, em Veneza, onde foi tratada a importância da troca de conhecimento e experiências entre os dois países.

Destaque também para a passagem pelo Interporto di Rovigo, onde os representantes de Caxias foram recebidos por Pier Vitalino Bressanin, presidente do local. Eles participaram de uma reunião sobre a logística do Interporto. Os brasileiros ainda desfilaram na Festa dei Bersaglieri, no “1º Incontro Internazionale com Reduci di Guerra Italo Brasiliani e Bersaglieri”.

Por fim, o Chefe de Gabinete passou pelo Ministério de Relações Exteriores e Cooperação Internacional, onde foi recebido pelo subsecretário Ricardo Antônio Merlo. Já na Embaixada Brasileira na Itália, Chico foi recepcionado pelo secretário Henrique Fabian, pelo assessor político e jurídico Eduardo Brigidi de Mello, e pelo funcionário Alexandre Leão, para falar sobre o Galata Museo Del Mare, que fica em Gênova. Esse museu faz referência a Caxias do Sul quanto à imigração italiana ocorrida em 1875 no município.

O roteiro foi organizado pela Associazione Delta Polesine de Rovigo e por outras entidades parceiras do acordo, com convite do Município de Corbola. Também viajaram à Itália integrantes da Associação Piccola Itália de Caxias do Sul (ASPI), Associação de Moradores do bairro de Galópolis e Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Galeria de imagens
1 de 18 imagens

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Caxias do Sul