1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Maio

Caxias do Sul conquista R$ 1,5 milhão para investimentos na área da saúde

Verba, oriunda de emenda do parlamentar Carlos Gomes, será aplicada na construção da UBS Vila Romana e no custeio de serviços

Atualizada dia

Caxias do Sul conquista R$ 1,5 milhão para investimentos na área da saúde. A notícia foi recebida pelo secretário municipal da Saúde (SMS), Júlio Freitas, durante reunião com o deputado federal Carlos Gomes, em Brasília, nesta quarta-feira (29/05). A verba é oriunda de emendas do parlamentar.

Uma delas, no valor de R$ 500 mil, foi apresentada pelo deputado em 2018 e está contemplada no orçamento deste ano. O recurso destina-se ao custeio de serviços de saúde. Segundo Júlio Freitas, o valor será usado para ampliar a oferta de exames e outros procedimentos à população.

“Sabemos que a procura por assistência aumenta no inverno. Além disso, planejamos dar continuidade aos mutirões de consultas especializadas. Paralelamente, temos que providenciar número maior de procedimentos, para dar vazão a esse aumento da demanda. A verba necessária já está garantida”, afirma.

A emenda de R$ 1 milhão será apresentada pelo parlamentar neste ano, para ser disponibilizada no Orçamento 2020. O prefeito Daniel Guerra determinou que o recurso seja usado para a construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Romana.

“No encontro do secretário Júlio Freitas com Carlos Gomes, o deputado acolheu a nossa solicitação e assumiu este compromisso com Caxias do Sul. Agradecemos a sensibilidade com a nossa causa. O valor destinado corresponde à metade do necessário para a edificação”, adianta o prefeito.

Construção da UBS Vila Romana visa atender o crescimento daquela região da cidade

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Romana será construída em terreno da prefeitura, localizado na rua João Paranhos da Rocha, nº 4099, no loteamento Vila Romana, no bairro Desvio Rizzo. A abertura da unidade visa atender o crescimento daquela região do município.

Hoje, a comunidade conta apenas com a UBS Desvio Rizzo, que é referência para aproximadamente 21 mil pessoas. A estimativa é que a UBS Vila Romana contemple pelo menos 8 mil usuários.

A área total construída será de 767 m². O custo está estimado em cerca de R$ 2 milhões. O prefeito Daniel Guerra diz que a meta é entregar o novo serviço à comunidade até o fim de 2020.

“Se começamos uma obra, terminamos. A verba conquistada nos ajuda a honrar este compromisso”, afirma.

O secretário municipal do Planejamento (Seplan), Fernando Mondadori, explica que o projeto foi elaborado com base em um conceito de obra mais moderno e humanizado.

“É um padrão que estabelece uma nova organização interna para receber melhor os usuários, de acordo com a complexidade de cada caso. Tem área maior que o padrão das atuais UBS’s, com mais consultórios, atendendo a necessidade local”, conclui.

Assessoria de Imprensa - SMS