1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Maio

Comunidade pode acessar imagens atualizadas de Caxias do Sul no GeoCaxias

Município adquiriu novas captações de satélite do perímetro urbano e rural

Publicada dia

Estão acessíveis junto ao sistema GeoCaxias, no site da prefeitura, novas imagens de satélite de Caxias do Sul. As captações envolvem todo o perímetro do município. O investimento com a aquisição se justifica para fins de estudo do uso do solo e da expansão urbana, bem como para verificação de alterações na superfície do território urbano desde 2013. As imagens são utilizadas pelas secretarias da Fazenda, do Meio Ambiente e do Urbanismo, sendo gerenciadas pela Diretoria de Informações Geoespeciais (Digeo), da Secretaria do Planejamento.

A aquisição foi feita com investimento de R$ 190 mil. Conforme o diretor de Arrecadação da Secretaria da Fazenda, Micael Meurer, os benefícios da compra são grandes. “É possível, a partir das imagens aéreas de alta resolução, verificar as alterações na superfície do território urbano ocorridas desde 2013. Essas imagens são utilizadas por diversas secretarias”, comenta. “Para a população, é possível fazer muitas pesquisas. Para os acadêmicos de diversos cursos e responsáveis técnicos das áreas de Engenharia Civil, Ambiental, Cartógrafa, de Agrimensura, Arquitetura e Urbanismo, História e Geografia, dentre outros, as imagens permitem realizar estudos e trabalhar a partir de uma dimensão atualizada do crescimento da cidade”, explica Meurer.

O investimento também se justifica em termos de valores, por haver retorno em arrecadação de impostos e aplicação da justiça fiscal. “Em termos de receita, podemos avaliar a existência de edificações construídas nos últimos seis anos que não constavam no cadastro imobiliário para fins de tributação de IPTU, por exemplo. No ITBI, é viabilizada uma melhor análise da expansão urbana para definir o valor venal dos imóveis. Por fim, a constatação de edificações lançadas recentemente possibilita a aplicação de ISSQN sobre as obras irregulares”, explica o diretor.

No Urbanismo, as novas imagens permitem que a pasta dimensione em termos de território a expansão da cidade, tanto dos imóveis regulares quanto dos irregulares. Permitirá, ainda, avaliar a existência de novas edificações em áreas embargadas. No Meio Ambiente, a aquisição permite verificar a alteração em áreas de preservação, como a eventual supressão de vegetação.

Para acessar as novas imagens, o usuário deve clicar em “Mapa Público”. Em seguida, acessar o menu “Camadas” e clicar em Imagens de Satélite de 2018. Para compará-las com outros anos, basta selecionar camadas de anos anteriores.

Sistema GeoCaxias

Remanescente do antigo WebCaxias, o GeoCaxias funciona na forma atual desde 2010 e é acessível no ícone presente na capa do site da prefeitura, junto aos serviços mais acessados. Detalhes como nomes oficiais de ruas, números de lotes e quadras, limites dos bairros e das áreas urbana e rural, imagens aéreas desde 1955 e zoneamento urbano dos loteamentos são acessíveis. As informações, abertas à comunidade, podem ser utilizadas para pesquisas escolares e acadêmicas, por investidores e pelo mercado imobiliário.

Para facilitar a navegação, também é disponibilizado um manual do usuário com detalhes sobre como acessar os dados. Além disso, o sistema dispõe de uma biblioteca onde é possível baixar as informações aéreas em formatos editáveis, geralmente utilizados por responsáveis técnicos como engenheiros civis, geólogos e geógrafos.

Além do acesso online, a Digeo também disponibiliza o GeoCaxias em um computador, no terceiro andar do Centro Administrativo, para consulta presencial.

Assessoria de Imprensa - Fazenda