1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Maio

Exposição “Natureza Morta” fica disponível para visitação até 9 de junho no Ordovás

São 17 obras que fazem parte do Acervo Municipal de Artes Plásticas

Publicada dia

O Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho recebe, até dia 9 de junho, a exposição “Natureza Morta” com 17 obras do Acervo Municipal de Artes Plásticas(AMARP). A seleção das obras escolhidas para a exposição foi feita com o foco na bidimensionalidade. As escolhas foram feitas pelo curador Ademar Roberto Sebben, que idealizou a mostra em conjunto com Felipe da Silva Vitória, responsável pelos cuidados do Acervo.

“Toda arte é comunicação, pois estabelece relação entre emissor e receptor. Conceitos são criados e postos de lado com tranquilidade e isso nos permite abandonar a confortável posição de apenas observadores, para interagir com o olhar no espaço. As obras são soberanas. Somos nós e elas. Não é o que se diz e, sim, o que se constrói que importa”, ressalta Sebben.

A amplitude do conjunto de artes apresenta técnicas, como óleo sobre tela, acrílico sobre tela ou eucatex, fotografia, foto pinhole, spray e estêncil sobre tela de fibra com banho de PVC e manipulações digitais. São obras produzidas entre 1976 e 2014 e que, em algum momento, foram vistas em outros espaços e configurações.

A mostra está disponível para visitação na Sala de Exposições, de segunda a sexta-feira das 9h às 22h, e nos fins de semana, das 16h às 22h.

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por Madeleine Reis

Foto por Madeleine Reis

Foto por Madeleine Reis

AMARP

A Unidade de Artes Visuais é responsável pelo Acervo Municipal de Artes Plásticas de Caxias do Sul (AMARP), realizando a guarda, a conservação, a manutenção e o registro das obras mantidas nesse Acervo. Ele foi criado através do Decreto nº 11.774, em 07 de maio de 2004. O Acervo é composto por mais de mil obras de artes em variados gêneros e linguagens de artistas que integraram o contexto cultural de Caxias do Sul, possibilitando que as gerações futuras tenham acesso a esse patrimônio para a compreensão do processo artístico local.

O espaço está aberto para visitas com mediação por agendamento prévio na Unidade de Artes Visuais pelo fone (54) 3901.1316 - ramais 217/205.

Assessoria de Imprensa - SMC