1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Maio

Secretaria Municipal da Saúde orienta sobre malefícios do tabagismo

Cerca de 300 pessoas participaram da ação alusiva ao Maio Vermelho

Atualizada dia

Cerca de 300 pessoas participaram da ação de prevenção contra o câncer de boca e o tabagismo realizada pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) na praça Dante Alighieri nesta terça-feira (28/05). A atividade foi alusiva ao Maio Vermelho, mês dedicado à conscientização contra o câncer de boca, e ao Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado nesta sexta-feira (31/05). O tabagismo é uma das principais causas desse tipo de tumor.

As equipes dos núcleos de Saúde Bucal e de Atenção à Saúde do Adulto e do Idoso da SMS abordaram a população que passava pelo local, das 13h30 às 16h30. Acadêmicos e professores dos cursos de Odontologia da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) auxiliaram na realização da atividade.

O grupo alertou para os malefícios do tabagismo e informou as alternativas disponíveis na rede pública de saúde para quem deseja parar de fumar. Houve ainda distribuição de material informativo, orientação para realização do autoexame da cavidade oral e, para os que desejavam, avaliação por cirurgião-dentista.

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por Lucas Teles

Foto por Lucas Teles

Foto por Lucas Teles

Fabiana Ramos, coordenadora da Política de Saúde Bucal da SMS, informa que, do total de 300 participantes, 198 foram examinados pelos profissionais, sendo 33 fumantes. Entre os avaliados, 20 apresentaram exame alterado. “Registramos os dados desses pacientes para encaminhamento às equipes de saúde bucal das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de referência de cada um, para tratamento. Se necessário, serão direcionados ao serviço de Estomatologia do Centro de Especialidades Odontológicas”, explica.

O câncer de boca pode acometer lábios, gengiva, bochechas, céu da boca (palato), língua e região embaixo dela. Também pode haver nódulos no pescoço e rouquidão persistente. O fumo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas são os principais fatores de risco.

Feridas ou caroços que não cicatrizam em 14 dias, áreas vermelhas ou brancas na boca, manchas escuras, regiões dormentes, sangramentos sem causa conhecida, rouquidão persistente e dificuldade para falar, mastigar ou engolir são sinais de alerta. Diante desses sintomas, a pessoa deve procurar a sua UBS de referência para uma avaliação.

“O diagnóstico do câncer de boca é feito por um dentista ou médico, por meio do exame clínico, em qualquer unidade de saúde. A doença tem cura, principalmente se tratada nas fases iniciais”, conclui Fabiana.

Assessoria de Imprensa - SMS