1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Junho

Lançamento do livro “Complexo Jardelino Ramos: uma histórica de luta e esperança” reúne centenas de pessoas

Projeto Recortes da Cidade é organizado pela SMC e retrata a história de formação dos bairros periféricos de Caxias do Sul

Publicada dia

A cerimônia de lançamento do livro “Complexo Jardelino Ramos: uma histórica de luta e esperança”, no auditório do Centro Cultural Espírita Jardelino Ramos, ocorreu na semana de aniversário de Caxias do Sul e atraiu centenas de pessoas no último sábado (22/06). Na ocasião, houve a apresentação da Oficina de Música do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos José Luís de Medeiros Ramos e sessão de autógrafos com a autora Sônia Storchi Fries. Foram distribuídos cerca de 200 exemplares à comunidade e outros 60 livros foram deixados no CCE Jardelino Ramos para distribuição gratuita aos moradores do bairro.

Aproximadamente 200 pessoas lotaram o auditório do Jardelino Ramos para prestigiar o evento de lançamento do 2º volume do “Projeto Recortes da Cidade”. Esta nova edição surgiu em decorrência do processo de regularização fundiária das comunidades retratas no livro, como os bairros Jardelino Ramos, São Vicente e Zona da Antena, conforme explicou a autora, Sônia Storchi Fries.

“O projeto surgiu para resgatar a formação dos bairros de Caxias. Começou pelo Serrano e o segundo volume surgiu em decorrência do processo de regularização fundiária dessas comunidades, fechando um ciclo desta história. O trabalho foi quase todo finalizado, porém, por diversos motivos, não foi possível publicar à época. A pesquisa acabou amadurecendo durante este tempo, inclusive com a inserção de novos depoimentos, ou seja, ficou um trabalho mais robusto. E agora, finalmente, na gestão do prefeito Daniel Guerra, houve o apoio necessário para a publicação, o que nos deixa muito satisfeitos. A ideia é expandir o processo e levá-lo para outros bairros”, salientou Sônia.

Galeria de imagens
1 de 11 imagens

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

O trabalho de pesquisa iniciou a partir de documentos de acervo do Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami. Porém, o depoimento de moradores foi fundamental para que o projeto fosse adiante, uma vez que eles são o registro vivo da história. “O burgo de Caxias, o espaço à margem do centro da cidade, é um local que abrigava e abriga trabalhadores. Mesmo que, muitas vezes, este sujeito que constrói a cidade pelo seu trabalho fique invisível na história. Este livro tem a missão de ajudar a dar voz e rosto a essas pessoas e contar a trajetória dessa comunidade”, apontou o gerente do Arquivo Histórico, Mário A. Tomazoni.

A dona de casa Marisa de Azevedo Casiraghi, moradora do bairro há 75 anos, e que participou do projeto desde o começo, mostrou-se extremamente satisfeita e representada com a nova publicação. “Eu me sinto homenageada, pois o livro conta a história do meu bairro. Ele mudou muito ao longo destes anos, graças ao empenho da comunidade. É um lugar muito bom de se viver, não mudaria daqui por nada, pois tem muitas pessoas de bem nesse lugar”, comentou ela, orgulhosa.

Galeria de imagens
1 de 11 imagens

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Foto por Noriana Seefeld Behrend

Quem compartilha desta mesma opinião é a assistente social Suzete Maria Vieira Molinari. “O trabalho comunitário possibilitou diversas melhorias no nosso bairro, principalmente, com relação à acessibilidade. Já participei de diversos mutirões aos sábados e domingos. Este envolvimento coletivo serviu de incentivo para que eu cursasse serviço social e o livro vem mostrar este outro lado do bairro, ou seja, que aqui residem pessoas de bem, trabalhadores, eu me sinto prestigiada com isso”, afirmou Suzete.

Escolas municipais interessadas em adquirir exemplares da publicação devem procurar o Arquivo Histórico Municipal de segunda a sexta-feira, de 10h às 16h. A distribuição é gratuita.

Assessoria de Imprensa - SMC