1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Junho

Maurício Rizzotto é o novo diretor-presidente da Codeca

Engenheiro mecânico tem missão de consolidar Companhia com oferta de serviços importantes à comunidade

Atualizada dia

Após dois anos e meio à frente da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca), a economista Amarilda Bortolotto deixa o cargo nesta sexta-feira (28/06), por motivos pessoais. Assume em seu lugar o engenheiro mecânico Maurício Rizzotto, que desde o início de maio ocupava a função de diretor operacional na companhia. Rizzotto é pós-graduado em Gestão Organizacional, tem especialização em Tecnologia Automotiva e participou de um Programa de Desenvolvimento de Executivos (Pdec). O novo diretor-presidente da Codeca tem experiência internacional em gestão de negócios, com atuação em países da América Latina, nos Estados Unidos e na Europa.

Rizzotto acolhe a nova missão a fim de consolidar a Codeca com a oferta de serviços importantes para a sociedade caxiense. “Nossa meta é seguir com as ações que já vêm sendo feitas pela atual administração, como a ampliação da coleta mecanizada e melhorias na infraestrutura, além de otimizar a operação da empresa, dentro do possível, no sentido de torná-la mais ágil e eficiente. É um desafio para tentar guiar da melhor maneira os recursos, garantindo mais resultado com o menor esforço”, estima o engenheiro.

Para Amarilda, o período à frente da companhia representou uma série de avanços na gestão. “Tivemos conquistas importantes, alcançadas com muito trabalho e esforço da diretoria e dos colaboradores, como a classificação em primeiro lugar no Índice de Sustentabilidade de Limpeza Urbana, entre os 10 municípios acima de 250 mil habitantes, e a primeira certificação como ISO 9001:2015. A migração da versão ISO 9001:2008 para 2015 começou em outubro de 2018, adequando nossos processos aos novos requisitos da norma ISO”, expõe. “Amarilda fez um excelente trabalho. Transformou uma empresa à beira da falência. Somos imensamente gratos pela dedicação e eficiência. As portas sempre estarão abertas”, garantiu o prefeito Daniel Guerra.

Nestes dois anos e meio, a Codeca teve uma redução significativa no número de cargos em comissão, conforme a linha da atual administração municipal, passando de 28 para oito. A empresa também promoveu o prolongamento da vida útil dos contêineres de coleta mecanizada a partir de ações internas de manutenção e conserto, em uma estimativa de redução de custos na ordem de R$ 580 mil somente no primeiro ano de governo. Soma-se a isso a revisão de contratos de fornecedores, readequação do quadro de pessoal e outras ações de economia e gestão aplicadas na empresa.

O resultado foi mais fôlego para promover melhorias. “Estamos em um momento importante na Codeca com relação ao projeto de ampliação da coleta mecanizada, que trará cobertura total a mais seis bairros, às perimetrais e à BR-116, passando dos atuais 40% para 70% do volume de resíduos coletados por esse sistema. O investimento é de aproximadamente R$ 17 milhões. Estamos com processos licitatórios em andamento para aquisição de caminhões compactadores e lava-contêineres. Já conquistamos uma economia de R$ 1,3 milhão na licitação de compra dos 2.780 contêineres que irão compor essa ampliação, por meio da prospecção de empresas interessadas em participar do certame e em oferecer melhores preços mantendo a qualidade”, explica Amarilda.

No período, a Codeca também acumula saldos positivos quanto aos funcionários e a programas sociais. Houve uma redução de 45% no número de acidentes de trabalho em 2017 e 2018, fruto de novos investimentos em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), especialmente na substituição de luvas de malha por luvas anticorte para os mais de 230 funcionários responsáveis pela coleta de resíduos. O programa Troca Solidária, no qual a comunidade pode trocar quatro quilos de resíduos seletivos por um quilo de frutas e verduras, teve aumento de 25% no número de famílias beneficiadas, com a inclusão de oito novas localidades.

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Guarda Municipal

Durante reunião de secretariado realizada nesta sexta (28/06), o prefeito Daniel Guerra também anunciou mudanças envolvendo a equipe de gestão da Guarda Municipal (GM). Ivo Rauber deixa o cargo de diretor. Quem assume é Marcelo Enio Haetinger, 42 anos, há cinco anos e seis meses na GM. Haetinger é tecnólogo em Gestão Pública e já passou por diversas funções na GM, como motorista, fiscal, auxiliar e gerente da Escola de Capacitação.

“É um grande desafio. Se hoje Caxias do Sul tem a Guarda Municipal que tem é porque todos os diretores e servidores fizeram a diferença. Queremos trabalhar cada vez mais na prevenção, cuidando das pessoas”, expressou Haetinger.

Já o novo gerente operacional é Ubiratan Boays, 41 anos. Ronaldo Dinnebier Godoy, 37 anos, assume a gerência do Centro de Ações Preventivas (CAP); e Cristian Rodrigues Filippini, 42 anos, é o novo gerente da Escola de Formação.

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Subprefeituras

Na Secretaria Muncipal de Obras e Serviços Públicos (Smosp), responsável pelas 11 subprefeituras de Caxias do Sul, Avelino Alves dos Santos deixa as unidades de Vila Seca e Vila Oliva. Em seu lugar, Gilmar Antônio Castilhos fica como subprefeito de Vila Seca e também de Criúva, a partir desta segunda-feira (1º/07). "Trabalho e vontade não vão faltar! Sou mutio grato pela confiança e pelo apoio", enfatizou Castilhos. Gilmar Bascheira, que respondia por Criúva e Fazenda Souza, permanece com o último distrito, assumindo interinamente Vila Oliva.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Smel

Marcia Rohr da Cruz assume a titularidade da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (Smel). Márcia é graduada em Educação Física pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e em Administração pela Unisinos. Tem mestrado, doutorado e pós-doutorado em Administração pela UCS. Possui experiência como analista de Recursos Humanos e também na área de Educação Física, tendo atuado em academias e ginástica laboral. Fez parte do Conselho Regional de Educação Física e já foi presidente do Conselho Municipal do Desporto (CMD).

“É muito bom estar de volta e poder concretizar tudo o que planejamos lá no início do governo. É uma secretaria que tem muitos desafios e exige muito da gente. Estamos prontos para continuar fazendo a Smel crescer”, declarou Márcia. Ela foi secretária do Esporte e Lazer de janeiro a julho de 2017 e estava atuando como diretora-geral da secretaria desde maio. Agora Márcia substitui Daniel Bianchi, que a partir de segunda (1º/07) estará a frente da diretoria do gabinete do prefeito.

Galeria de imagens
1 de 3 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

PGM

A nova procuradora-geral adjunta do Município é Geraldine Gollo de Oliveira. Ela substitui Moser Copetti de Gois a partir de segunda-feira (1º/07). “Este é um grande momento da minha vida e da minha carreira. Agradeço a oportunidade e a confiança. Será uma honra ser procuradora adjunta do Município”, disse Geraldine, advogada, pós-graduada em Direito Público e Privado, especialista em Direito Médico Hospitalar e Odontológico e mestre em Filosofia. Moser deixa o cargo por motivos pessoais.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Líder de governo na Câmara

Renato Nunes assume a liderança do governo Daniel Guerra na Câmara de Vereadores. Nunes substitui o vereador Elisandro Fiuza. “Me sinto honrado em estar no meio de uma equipe tão qualificada, técnica e dedicada. Vou continuar fazendo meu trabalho de forma justa e ética sempre priorizando as necessidades da população”, anunciou Nunes.

“São mudanças pontuais para dar continuação a esse projeto de governo. Agradecemos profundamente aos que seguem para outros desafios e recebemos de braços abertos quem retorna e assume novos cargos. Todos têm capacidade técnica e de gestão para continuar fazendo o melhor por Caxias. Estamos muito felizes e confiantes”, resumiu Daniel Guerra.
Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Caxias do Sul