1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Julho

Roteiros educativos no Mato Sartori oportunizam vivências a estudantes

Nesta quinta-feira, atividade da Secretaria do Meio Ambiente foi com a EMEF Madre Assunta

Atualizada dia

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) conduziu, nesta quinta-feira (11/07), um grupo de aproximadamente 30 pessoas da Escola Municipal Madre Assunta no roteiro educativo do Mato Sartori, no bairro Jardim América. A atividade foi desenvolvida pelo setor de Educação Ambiental e busca mostrar aos estudantes a flora do espaço e sua importância para o meio ambiente. As crianças, que estudam no bairro Jardim Oriental, estão no 7º ano do Ensino Fundamental.

O roteiro no Mato Sartori é uma das atividades que o setor realiza com a comunidade. Espécies variadas fazem parte da rota, proporcionando aos estudantes uma visão mais detalhada das plantas. Um dos exemplos é o pau-brasil, que muitos conheciam apenas pelos livros de história. Os jovens também aprenderam sobre leis que protegem araucárias, cedros, xaxins e outras espécies. Foram explicadas, ainda, as relações ecológicas que algumas plantas possuem, como as bromélias nas árvores.

“É importante porque eles veem na prática tudo que a gente trabalha em sala de aula, como biomas, relações entre seres vivos, se são benéficas ou não. Também antecipou o que vamos trabalhar, que é a questão das plantas. Assim, já conseguiram ver a forma de reprodução, se tem macho ou fêmea, e tudo isso vai despertando a curiosidade”, explica André da Silveira, professor há 19 anos.

Galeria de imagens
1 de 10 imagens

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Foto por Maria Antônia Nery

Mato Sartori

O parque é uma área de 6,6 hectares localizada na rua Borges de Medeiros. Propriedade de Miguel Moretto, o terreno passou para sua filha Agnes, que casou-se com Ludovico Sartori. Assim, a área ficou conhecida como o Mato dos Sartori. Em 1991, foi sancionada a lei que criou o Parque Municipal Mato Sartori. O local foi inaugurado em maio de 2010, tornando-se um centro de educação ambiental em meio à vegetação nativa.

Lá são encontradas coleções de espécies nativas da região como araucária, chal-chal, xaxim, além de bromélias e cedros. O passeio inclui a passagem por uma pinguela, de 15 metros, sobre uma nascente, e um mirante que oferece uma visão da cidade em meio à natureza.

Educação Ambiental

O setor da Semma possui atividades e ações voltadas para todas as idades, sempre focando na preservação do meio ambiente de forma lúdica. Além do passeio no Mato Sartori, são feitos roteiros no Jardim Botânico, palestras e projetos como o Plantar e Colher – Hortas Urbanas, incentivando o cultivo de plantas.

Os projetos são voltados para toda a comunidade e podem ser agendados pelo telefone (54) 3901.1445, ramal 220. Atualmente, os roteiros são focados para estudantes, mas quem desejar fazer a trilha guiada pode agendar e participar junto das instituições.

Assessoria de Imprensa - Semma