1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Agosto

Sdete lança iniciativa para melhorar qualidade de trabalho das associações de recicladores

Projeto Dignidade foi apresentado na tarde desta quarta-feira (07/08), no Centro Administrativo

Atualizada dia

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego (Sdete) lançou, nesta quarta-feira (07/08), o Projeto Dignidade, direcionado às associações de recicladores conveniadas à Cadeia Produtiva de Reciclagem (CPR) da Prefeitura de Caxias do Sul. O evento ocorreu no Centro Administrativo.

O projeto consiste em firmar parcerias com empresas da cidade para que elas possam destinar resíduos seletivos, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca), às 13 associações integrantes da CPR. Com o projeto, a quantidade de resíduo reciclável pode aumentar, proporcionando uma maior geração de renda aos recicladores. Também serão realizadas diversas ações de capacitação sobre gestão, segurança do trabalho, saúde e assistência social aos associados.

“O Município de Caxias do Sul participa, incentiva, apoia e desenvolve várias ações no sentido de incrementar a CPR, visando estimular a atuação em rede de cooperação econômica, fomentando a geração de renda, com resgate da autoestima dos recicladores e catadores, minimizando o impacto ambiental da geração de resíduos. A partir de agora vamos sensibilizar mais empresas a aderirem ao programa. Após a adesão de parceiros, a Codeca fará coleta diretamente nos empreendimentos, direcionando o material até as associações. Queremos aumentar os índices de triagem de material seletivo em 30%, melhorando a partilha mensal”, enfatizou o titular da Sdete, Emílio Andreazza.

Já a supervisora da Codeca, Neusa Valiati, enfatizou a qualidade dos resíduos que serão repassados aos recicladores. “Com certeza chegará um material limpo e melhor às associações. Depois de um ano e meio de planejamento vamos conseguir ajudar a melhorar a qualidade de vida de vocês. Vamos entrar em contato com as empresas parceira e viabilizar a logística do projeto”, antecipou. A supervisora ainda reforça que muitas não separam o lixo corretamente. “O resíduo dentro dos contêineres seletivos, em alguns casos, chega a ser 60% orgânico. Conscientizando as pessoas, as empresas, acreditamos que o material pode vir bem melhor”, disse.

“A catação está poluindo demais a nossa cidade, ainda mais Caxias que sempre foi considerada uma cidade limpa. Peço apoio para que os catadores venham para uma das nossas associações porque de certa forma isto vai atingir o material que a Codeca nos traz. Espero que possamos divulgar o projeto trazendo mais empresas e parceiros para que ele cresça ainda mais”, enfatizou Estela Marcondes, representante das associações no lançamento do projeto.

Hoje as associações recebem 90 toneladas por dia de resíduos, como plásticos, papelão, alumínio, vidro e isopor entregues pela Codeca, oriundos dos contêineres seletivos espalhados por Caxias e também da coleta manual. Atualmente, são 247 associados que beneficiam indiretamente quase mil pessoas. A distribuição da renda é realizada mensalmente em forma de partilha, chegando a um salário mínimo por reciclador. Cada associação é responsável pelo processo de triagem e comercialização entre os mais diversos compradores e indústria.

Atualmente, as associações conveniadas ao Município são Interbairros, Serrano, Vida Nova do Fátima, Novo Amanhã, Arca, Monte Carmelo, Clean, Primeiro de Maio, Santa Rita, Belo Horizonte, União dos Catadores, Girassol e Centenário.

O projeto Dignidade é uma parceria entre a Sdete e as secretarias municipais do Meio Ambiente (Semma), Planejamento (Seplan), Habitação (SMH), Obras e Serviços Públicos (Smosp), além do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) e da Fundação de Assistência Social (FAS). Universidade de Caxias do Sul (UCS), Marcopolo, Empresas Randon e Supermercados Andreazza são apoiadores da iniciativa da prefeitura.

Galeria de imagens
1 de 7 imagens

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Foto por Mateus Argenta

Cadeia Produtiva da Reciclagem

A Cadeia Produtiva da Reciclagem (CPR) é um conjunto de atividades econômicas necessárias às etapas de processamento e de transformação das matérias-primas em produtos, considerando a sustentabilidade em todo ciclo, através de reaproveitamento, reutilização e reciclagem, desde a sua origem até a destinação final.

A governança é feita, de forma intersetorial, pelo Comitê Gestor da Cadeia Produtiva da Reciclagem, criado pelo decreto municipal nº 13.889, de 2008, visando o fortalecimento das políticas voltadas às associações de recicladores localizadas no município de Caxias do Sul. Mais informações pelo telefone (54) 3218.6000, ramal 6452.

Assessoria de Imprensa - Sdete