1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Agosto

SMU verifica sete denúncias a estabelecimentos comerciais em Caxias

Fiscais e Brigada Militar interditaram estabelecimentos em Fazenda Souza e no bairro Bela Vista

Atualizada dia

A Secretaria Municipal do Urbanismo (SMU), em ação conjunta com a Brigada Militar (BM), fiscalizou sete estabelecimentos comerciais em diferentes áreas em Caxias do Sul na noite da última sexta-feira (09/08). Buscando atender a denúncias e demandas da SMU e também da BM, os fiscais vistoriaram locais que possuíam reclamações e registraram as irregularidades.

Foto por Ezequiel Nicoletti

Como resultado das fiscalizações, dois dos estabelecimentos foram interditados. Um deles, em Fazenda Souza, já havia recebido notificação por falta de alvará. Houve descumprimento da solicitação de regularização, por isso o local foi interditado até que normalize a situação. Outro estabelecimento interditado foi no bairro Vinhedos. Esse possuía alvará para bar, mas realizava atividades com música ao vivo e som alto, o que gerou uma série de denúncias de vizinhos por perturbação de sossego. Agora, o proprietário precisará adequar a documentação do local.

Outro estabelecimento, localizado em Vila Seca, recebeu auto de infração por falta de alvará de localização. O proprietário já estaria encaminhando a regularização, mas foi notificado por não ter regularizado dentro do prazo previsto.

Ainda na ação, um local no bairro Bela Vista recebeu multa de 520 VRMs (1 Valor de Referência Municipal = R$ 33,64) por descumprir interdição por falta de alvará e perturbação de sossego. Os fiscais já haviam solicitado interrupção das atividades outras três vezes, no entanto, diante do não cumprimento, recebeu multa.

Outro estabelecimento foi notificado na Estação Férrea. No momento da fiscalização, o local estava ocupando indevidamente o passeio público e obstruindo a circulação de pessoas. O mesmo foi notificado sob pena de ter o alvará cassado. Outros dois estabelecimentos que possuíam denúncias do Ministério Público e do Alô, Caxias foram verificados, mas estavam fechados no momento da ação.

Assessoria de Imprensa - SMU