1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Outubro

35ª Feira do Livro de Caxias do Sul atrai mais de 142 mil visitantes desde sua abertura

Fim de semana contou com diversas atrações que impulsionaram movimento na maior festa literária da Serra Gaúcha

Atualizada dia

Em 10 dias, a 35ª Feira do Livro de Caxias do Sul já atraiu mais de 142,5 mil visitantes nas inúmeras atrações que o evento oferece à comunidade. Desde a abertura, no dia 27 de setembro, foram vendidos 28.759 exemplares de livros, com circulação de 115 mil pessoas na Praça Dante Alighieri. Além disso, cerca de 27 mil visitantes foram contabilizados pela organização nas diversas atividades extras oferecidas na programação da feira, como sessões de autógrafos, Passaporte da Leitura, jogos de RPG, bate-papos, palestras e saraus, totalizando 142.518 pessoas.

Galeria de imagens
1 de 12 imagens

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Nem o tempo instável deste domingo (06/10) reduziu a participação do público, que compareceu na praça e nas atrações oferecidas ao longo do dia. Durante a tarde, aconteceu mais uma edição do Role Playing Game (RPG) na Feira, na Biblioteca Pública Municipal Dr. Demetrio Niederauer. A atividade iniciou com um painel sobre as instruções do jogo, seus objetivos e formas de aplicação. Em seguida, crianças, jovens e adultos se reuniram para participar de uma partida experimental e de curta duração.

Bruna Jobim Borges e Ramon Demarch de Oliveira, ambos de 20 anos, tiveram a oportunidade de jogar RPG pela primeira vez na feira.

“Eu já lia e via vídeos sobre isso e achava que era mais legal assistir, mas hoje eu joguei e é bem mais legal. Participamos de uma mesa que era mais fácil”, contou Ramon.

Bruna relatou que também conhecia um pouco de RPG, mas confessa que não é um jogo simples. “É um pouco difícil. Como eu não tinha tanto conhecimento, fiquei mais travada e o que ele mais exige é a criatividade, com certeza. Mas eu gostei bastante”, avaliou a jovem.

Galeria de imagens
1 de 19 imagens

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Já no palco principal da Feira, na Praça Dante Alighieri, das 16h às 17h30, aconteceu a Batalha da Moeda e o Verbo Rap + DJ Hood. Cerca de 250 pessoas prestigiaram a competição de rimas, que abordaram diferentes temáticas, como educação, racismo e desigualdade social. A apresentação foi uma oportunidade de mostrar à comunidade um estilo de manifestação cultural que muitos espectadores ainda não conheciam, como é o caso das amigas Cassiane Matté, de 41 anos, e Michele Pinheiro, 35.

“Eu já tinha ouvido falar, mas em Caxias eu achei que não tinha. Para mim é tudo novo, eu interagi com eles, porque gostei mesmo”, comentou Michele.

Cassiane também revela que nunca havia assistido a uma batalha de rap.

“É bem interessante, porque eles são bem cultos e informados sobre diversos assuntos, não é algo da minha realidade. Achei bem legal”, declarou.
Galeria de imagens
1 de 10 imagens

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Sessão de autógrafos e sarau

O patrono da 35ª Feira do Livro, Delcio Antônio Agliardi, autografou seu livro “A Caixa Dourada”, da Editora Chiado. A obra mostra a história de Antônia, uma menina curiosa e atenta com o inusitado: bilhetes escritos pelo desconhecido Poquelin. O enredo se desenrola a partir do momento que a jovem passa a receber caixas coloridas de alguém que vive em uma floresta.

A sessão de autógrafos, realizada no palco infantojuvenil neste domingo, reuniu diversos leitores, entre eles: a amiga do livro da Feira, Bernardethe Zardo, e o secretário municipal da Cultura, Joelmir da Silva Neto. A professora Stela Alves também veio prestigiar o patrono.

“O Delcio foi meu professor e foi uma alegria encontrar ele como escritor e como patrono da Feira do Livro. As histórias dele são todas voltadas para o universo infantil com temas reais e eu, como professora de Educação Infantil, consigo aproveitá-las em sala de aula. Não tinha como não vir conhecer ‘A Caixa Dourada’ e visitar a Feira do Livro também”, contou.
Galeria de imagens
1 de 6 imagens

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

O sarau “Eu Leio Mulheres” também atraiu visitantes na Galeria de Arte Gerd Bornheim, na Casa da Cultura. O evento foi coordenado por Jussára Godinho e Rejane Romani Rech, patrona da Feira do Livro de 2018. A amiga do livro, Bernardethe Zardo, também participou do encontro que reuniu escritores e apaixonados por livros, que relataram as obras escritas por mulheres que mais marcaram suas vidas.

Galeria de imagens
1 de 5 imagens

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

Foto por Luma Leão

35ª Feira do Livro de Caxias do Sul

Atividades culturais ocuparão os dois palcos instalados na Praça Dante Alighieri (principal e infantojuvenil) e os espaços para leitura e sessões de autógrafos ao longo de toda a programação, que se estende até 13 de outubro. A Casa da Cultura, a Biblioteca Pública Municipal Dr. Demetrio Niederauer e o Teatro Pedro Parenti também receberão bate-papos e oficinas.

A 35ª Feira do Livro de Caxias do Sul ocorre em uma área coberta de aproximadamente 3,5 mil metros quadrados e tem 38 bancas de livreiros. A área geral tem funcionamento das 12h às 19h, de domingo a quinta-feira, e das 9h às 19h, nas sextas e sábados. A área infantojuvenil, por sua vez, funciona das 10h às 19h, de domingo a quinta-feira, e também das 9h às 19h às sextas e sábados.

A programação é inteiramente gratuita e pode ser consultada no site https://www.feiradolivrocaxias.com/. O evento pode ser acompanhado na fanpage Feira do Livro de Caxias do Sul e no instagram da Secretaria Municipal da Cultura (@culturacaxiasdosul) e da Prefeitura de Caxias do Sul (@prefcaxiasdosul).

Galeria de imagens
1 de 12 imagens

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Isadora Guerra

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Foto por Vitória Ricardo

Assessoria de Imprensa - SMC