1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Outubro

Escola Municipal Professora Ester Benvenutti realiza projeto sobre festividades internacionais

Estudantes organizaram salas de interação com visitação guiada específicas de cada tema

Publicada dia

O último dia do mês de outubro é conhecido mundialmente por ser o Halloween, festividade típica da cultura americana. O dia seguinte, 1º de novembro, é famoso por celebrar o Dia dos Mortos, no México. Pensando nisso, os professores de Inglês, História e Geografia e Artes, Nestor Vanni Júnior, Majô Schwingel e Giovana Grison, respectivamente, da Escola Municipal Professora Ester Benvenutti, no bairro Nossa Senhora de Fátima, decidiram criar um projeto novo e interdisciplinar, que contempla esses festejos culturais, e que teve sua culminância nesta quinta-feira (31/10).

A proposta, que englobou os 7º, 8º e 9º anos, foi desenvolvido através de metodologias ativas, criando uma espécie de gincana, em que foram criadas salas temáticas com visitação guiada. Os temas foram pensados a partir dos conteúdos pertencentes no currículo de cada ano e cada professor trabalhou aspectos teóricos da sua disciplina em sala de aula, para que os estudantes produzissem os espaços com autonomia.

“A ideia foi eles se apropriarem do conteúdo, trabalharem a interdisciplinaridade e produzissem em cima de tudo o que aprenderam. A nossa ideia é que eles se coloquem como sujeitos do próprio processo de aprendizagem”, relata Majô.

Os 7º anos abordaram a cultura mexicana, focando no Dia dos Mortos. Nas aulas de História, a professora desenvolveu desde o tema dos povos pré-colombianos, como astecas e maias, até chegar em como o costume da festividade é visto hoje. Nas aulas de Inglês, foi feito o apanhado histórico da cultura, abordando as origens da celebração. E nas aulas de Artes, o principal enfoque foi na arte contemporânea, dando destaque para o teatro.

Galeria de imagens
1 de 25 imagens

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Os 8º e 9º anos trataram sobre o Halloween dos Estados Unidos. Junto com a professora Majô, eles aprenderam as principais características da cultura norte-americana e analisaram como a data é vista pelos estadunidenses e brasileiros. Com o professor Nestor, os estudantes fizeram um levantamento de como a festividade começou e como ela é retratada atualmente. Na parte artística, focaram principalmente em como trabalhar com a interação, desenvolvendo o principal aspecto das salas interativas.

“Estamos com esse projeto há quase dois meses e os estudantes estão motivados desde o início. Nas últimas duas semanas, eles se empenharam mais ainda. A importância é conhecer e se apropriar das culturas de países estrangeiros, queremos mostrar o que é e como é uma festividade fora do Brasil”, ressalta Nestor.

Giovana destaca principalmente o intuito de incentivar a parte prática entre os estudantes.

“Com trabalhos assim, as crianças conseguem colocar em movimento muitas habilidades. Trabalhamos muito a autonomia dos estudantes, porque nas demais atividades tudo vem muito pronto, sendo por várias vezes só o livro e o caderno. Então, nesse projeto eles tinham que criar, ordenar os colegas, dividir as tarefas. Trabalharam o coletivo, o respeito em grupo”, afirma.
Galeria de imagens
1 de 6 imagens

Fantasia vencedora 5º ano

Foto por Carolina Canton

Fantasia vencedora 6º ano

Foto por Carolina Canton

Fantasia vencedora 7º ano

Foto por Carolina Canton

Fantasia vencedora 8º ano

Foto por Carolina Canton

Fantasia vencedora 9º ano

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

A gincana funcionou também em forma de competição. Em cada ano, foi selecionada a melhor sala, contemplando desde o processo de produção do projeto até o dia da apresentação em si. No final do dia, também ocorreu um desfile de fantasias, em que participaram estudantes do 5º ao 9º ano. As melhores fantasias de cada ano foram premiadas com certificados e guloseimas.

Para Eduarda Forini, 13 anos, do 7º ano A, o projeto foi só diversão. “Foi bem legal. A gente aprendeu muitas coisas sobre a cultura mexicana e o trabalho de hoje foi ótimo”, conta. Ana Caroline de Jesus Meneguzzo, 13 anos, do 8º ano B, relata que a experiência foi maravilhosa também para adquirir novos conhecimentos.“Nós aprendemos bastante, aplicamos muitos conteúdos que aprendemos em aula. Nos empenhamos muito na decoração e na encenação. Foi uma ótima ideia dos professores”, afirma.

O estudante Eduardo Henrique Constante Oliveira, 15 anos, do 9º ano B, conta que apesar de momentos difíceis da produção, o resultado foi surpreendente.

“O projeto foi bem legal e divertido de participar. Teve muito companheirismo entre os colegas e todo muito da sala ajudou a fazer as decorações, as apresentações, o projeto em geral. Eu gostei demais”, destaca.
Galeria de imagens
1 de 14 imagens

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Foto por Carolina Canton

Porta 7º ano

Foto por Carolina Canton

Porta 7º ano

Foto por Carolina Canton

Porta 9º ano

Foto por Carolina Canton

Porta 9º ano

Foto por Carolina Canton

Professores responsáveis pelo projeto

Foto por Carolina Canton

Assessoria de Imprensa - Smed