1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Novembro

SMTTM troca multas de excesso de velocidade por orientação em blitz na Av. São Leopoldo

Ação foi realizada após a pasta identificar imprudência dos motoristas que trafegam pela via

Atualizada dia

Os agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM) substituíram, nesta semana, autuações de excesso de velocidade na avenida São Leopoldo por uma conversa com os motoristas. Após serem flagrados pelo radar móvel da secretaria trafegando em velocidade acima do permitido na via, que é de 40km/h, os condutores foram abordados em uma blitz educativa e receberam orientações dos fiscais, com a entrega de materiais educativos, sem que eles fossem multados. Novas ações estão programadas para as próximas semanas.

Galeria de imagens
1 de 4 imagens

Foto por Leonardo Portella

Foto por Leonardo Portella

Foto por Leonardo Portella

Foto por Leonardo Portella

Ao ser parado na blitz, o condutor era informado da irregularidade e alertado pelos fiscais sobre os problemas que o excesso de velocidade pode provocar no trânsito. De acordo com o titular da SMTTM, Cristiano de Abreu Soares, a ação foi realizada após a secretaria identificar que os motoristas estão trafegando pelo local acima da velocidade no trecho, que fica localizado no perímetro urbano e próximo de residências, comércios e instituições de ensino. O objetivo da iniciativa é mostrar para a comunidade a importância da adoção de atitudes seguras no dia a dia do trânsito com foco na redução de acidentes e vidas perdidas.

“A conversa pode ser muito mais eficaz do que a multa na busca por uma mudança de comportamento dos motoristas. Explicamos que, naquele momento, eles haviam cometido uma infração e que seriam autuados se aquela não fosse uma ação educativa da Secretaria de Trânsito. Orientamos que os condutores utilizassem o valor da multa que seria aplicada naquele dia e fossem sair com a família, com os filhos, jantar com a esposa, com o marido”, destacou o secretário, que participou da ação e conversou com os motoristas.

Secretário de Trânsito participou da ação e conversou com os motoristas

Foto por Leonardo Portella

Soares lembra ainda que, neste ano, a via recebeu investimentos da administração municipal, incluindo a instalação de novas placas e sinalização no pavimento que orientam os condutores sobre o limite de velocidade no trecho. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o excesso de velocidade pode ser classificado em infração média, grave e gravíssima, com multas entre R$ 130,16, R$ 195,23 e R$ 880,41, respectivamente.

“É fundamental que os condutores lembrem que a avenida São Leopoldo, apesar de duplicada, é uma via com diversos cruzamentos, semáforos e pontos de travessia de pedestres. Exceder o limite de velocidade nesses pontos é colocar a vida das pessoas em risco. Por isso fomos para as ruas conversar com quem passa por lá”, afirmou o gerente de Educação para o Trânsito da EPT, Joelson Queiroz. “O mais importante é que nós continuamos com o propósito de iniciar o combate aos problemas com ações educativas, apostando na orientação e na advertência. Se não funcionar, infelizmente, será necessário partir para a parte coercitiva, com fiscalização para coibir os excessos e evitar os acidentes”, completou o agente.

Muitos condutores abordados procuraram justificar a imprudência, mas entenderam o propósito da ação. A comerciante Nereida foi uma das motoristas abordadas na blitz. Ela trafegava na São Leopoldo a 62 km/h quando foi flagrada pelo radar e posteriormente parada pelos agentes. “Achei bem legal conversar. Não costumo passar por aqui (avenida São Leopoldo) e hoje talvez eu tenha me excedido um pouco na velocidade. Com certeza vou lembrar sempre desse dia daqui pra frente quando estiver dirigindo”, contou ela.

Outro condutor, identificado como Clemerson, também elogiou a operação. Ele estava a 65 km/h. “Achei espetacular. Muito melhor levar um puxão de orelha do que receber uma multa em casa”, resumiu.

Assessoria de Imprensa - SMTTM