1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Dezembro

Prefeito Daniel Guerra autoriza investimento de R$ 8,6 milhões em novo prédio da Escola Municipal Laurindo Formolo

Projeto sustentável e com acessibilidade plena foi apresentado à comunidade escolar no último sábado (30/11)

Atualizada dia

Com projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal da Educação (Smed), a Prefeitura de Caxias do Sul apresentou neste sábado (30/11) o projeto do novo prédio da Escola Municipal de Ensino Fundamental Laurindo Luiz Formolo, no bairro São Ciro II. O orçamento previsto para a construção é de R$ 8.640.000,00.

Estavam presentes cerca de 180 pessoas, entre pais, estudantes, equipe diretiva, professores e membros da comunidade, além da secretária municipal da Educação, Marina Matiello, e servidores da área de infraestrutura da Smed. O projeto foi apresentado pelo engenheiro civil Rodrigo Montemezzo, pelo arquiteto Lucien Pasquali e pela gerente administrativa Silvana Bioto.

Em uma área de aproximadamente 3.800m², a escola contará com dez salas de aula, biblioteca, sala dos professores, direção, secretaria, cozinha, refeitório, laboratório de informática, sala de artes, banheiros e despensa, além de um novo ginásio coberto e fechado. Será construído ainda um anfiteatro na área externa, com capacidade para 180 pessoas.

Por estar em condições ruins, após análises técnicas, decidiu-se pela demolição do atual prédio da Laurindo Formolo, visto que uma reforma traria soluções apenas em curto prazo. Porém, não será necessário que os estudantes sejam transferidos, uma vez que o novo prédio será construído onde hoje fica a área onde são realizadas as aulas de Educação Física. Tão logo o edifício fique pronto, as aulas passarão a ocorrer no novo espaço e, no local do atual prédio, será erguido o novo ginásio.

O prédio, que terá três andares, será construído a seco, com materiais pré-moldados. A construção também será sustentável e ecoeficiente, com captação da água e instalação de placas fotovoltaicas com capacidade para gerar energia para toda a escola. Além disso, contará com acessibilidade plena e com Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). Cada sala de aula também terá ar-condicionado e projetor.

A titular da pasta salientou que este projeto foi desenvolvido para servir de modelo a edificações futuras.

“Desde que assumimos, em 2017, esta escola é uma prioridade por conta do seu estado físico. O prefeito Daniel Guerra sempre deixou claro que fosse feito tudo da melhor forma e qualidade, porque essa comunidade escolar, assim como as outras, merecem o melhor”, destacou Marina Matiello.

A diretora da escola, Jaciara Viesser Bosi, destacou a importância do momento.

“Sabemos da luta e do empenho para alcançar o nosso objetivo que até então parecia um sonho, mas que agora se concretiza com este projeto. Eu acredito que ficou ‘a nossa cara’, exatamente como nós queríamos”, comentou.
Galeria de imagens
1 de 7 imagens

Foto por Priscilla Panizzon

Foto por Priscilla Panizzon

Foto por Priscilla Panizzon

Foto por Priscilla Panizzon

Foto por Priscilla Panizzon

Foto por Priscilla Panizzon

Foto por Priscilla Panizzon

O morador do bairro, Pedro Stedile, agradeceu em nome da comunidade.

“Temos que valorizar essa decisão. Isso faz diferença na educação, porque valoriza os estudantes, a família, os professores. Isso muda o futuro. Do fundo do coração, estamos muito agradecidos a todos os envolvidos”, afirmou.

O gesseiro Alexandre dos Santos e a esposa Grasiele de Macedo foram conferir como ficará a escola onde os dois filhos do casal estudam.

“Ter uma escola ampla, com bastante espaço, será bom para as crianças. Além disso, beneficiará todo o bairro. Me chamou a atenção o ginásio fechado”, disse.

Para o financiamento da obra, o prefeito Daniel Guerra protocolou no dia 20 de novembro, em regime de urgência, na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, um projeto de lei que solicita autorização para o Poder Executivo efetuar contratação de operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal, no âmbito do Programa FINISA – Modalidade Apoio Financeiro, o qual contempla a Escola Municipal Laurindo Formolo. Assim que autorizado, será encaminhado o processo licitatório.

Após a exibição do projeto, a escola realizou apresentações para marcar o encerramento do ano letivo. A instituição atende atualmente 357 estudantes da região.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Divulgação Smed

Foto por Divulgação Smed

Assessoria de Imprensa - Smed