1. Início
  2. Notícias
  3. 2019
  4. Dezembro

Prefeitura de Caxias do Sul recebe selo Parceiro da Aprendizagem

Reconhecimento foi dado pelo Fórum de Aprendizagem Profissional da Serra Gaúcha

Publicada dia

O trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Caxias do Sul, por meio dos vários órgãos da administração direta e indireta, no apoio em ações e na promoção da aprendizagem profissional na cidade foi reconhecido com a concessão do selo “Parceiro da Aprendizagem”. Essa certificação atesta a participação ativa e o compromisso do Executivo na execução de políticas voltadas para a empregabilidade dos jovens, com base na Lei do Aprendiz (nº 10.097, de 2000). Dentre as estratégias desenvolvidas está o Programa Jovens pelo Direito ao Trabalho, mantido pela Coordenadoria da Juventude, vinculada à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS).

Com ações para garantir o direito à profissionalização, ao trabalho e à renda dos jovens caxienses, a Coordenadoria promove palestras e atividades complementares junto às instituições qualificadoras de aprendizes e também em escolas da rede pública, em temas como planejamento previdenciário, dicas de entrevistas e apresentação de currículos para inserção no mercado de trabalho, divulgação do Estatuto da Juventude, cuidados da autoexposição digital, superação do bullying, entre outros.

Nos últimos três anos, a prefeitura também tem promovido encontros de articulação entre empresas contratantes e formadores de aprendizes para a garantia da vagas previstas em lei. Por meio dessa articulação, a Coordenadoria mantém ainda o Mural de Vagas da Aprendizagem Profissional, com periodicidade mensal, para divulgação de vagas em cursos oferecidos na cidade por meio das redes sociais da prefeitura e disponibilizou neste ano para a rede educacional e socioassistencial da cidade cartazes com informações sobre as entidades qualificadoras, em uma tiragem de cerca de 700 exemplares. E também atuou na articulação para o desenvolvimento do Concurso Literário e de Imagens dos Aprendizes da Serra Gaúcha, cujo livro foi lançado na última quinta-feira (28/11).

Além das ações de proteção social, as estratégias da prefeitura para inclusão qualificada dos jovens no mercado de trabalho abrangem ações de educação, do desenvolvimento econômico e da assistência social. Recentemente, a Secretaria Municipal da Educação (Smed) criou um banco de dados com informações de estudantes da rede municipal de ensino que estejam interessados em entrar no mercado de trabalho como jovens aprendizes para futuras oportunidades.

Já a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego (Sdete) promove desde julho deste ano um curso de Costureiro de Roupas em Tecidos Planos e Malhas Circulares. A capacitação ocorre por meio de parceria entre o Banco do Vestuário, vinculado à pasta, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/RS), com 25 jovens aprendizes.

A Fundação de Assistência Social (FAS), por meio da diretoria de Proteção Social Especial de Alta Complexidade, promove diversas iniciativas para que os adolescentes acolhidos nas três casas de acolhimento e 15 casas-lar do município possam participar de cursos de aprendizagem, auxílio na conquista de uma vaga de estágio ou emprego formal. E, por meio de recursos do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, fomenta a execução de projetos das instituições formadoras sem fins lucrativos que atuam na cidade.

O selo “Parceiro da Aprendizagem” é um reconhecimento dado pelo Fórum de Aprendizagem Profissional da Serra Gaúcha e foi entregue simbolicamente no encerramento da Feira da Aprendizagem Profissional, na sexta-feira (29/11), nos Pavilhões da Festa da Uva. O titular da Coordenadoria da Juventude, Lucas Guarnieri, representou o Executivo no ato. Outros órgãos vinculados à prefeitura, como a Comissão Municipal do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Competi) e os conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e da Juventude (Comjuve) também foram agraciados com o diploma. A prefeitura integra o Fórum e auxiliou na organização do evento, que reuniu cerca de três mil pessoas. A coordenação geral do Fórum é da Superintendência do Trabalho e Emprego do Ministério da Economia.

Foto por Divulgação/Fórum de Aprendizagem Profissional

Assessoria de Imprensa - SMSPPS