1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Janeiro

Operação Verão Seguro segue com sucesso nas abordagens

O que tem preocupado o Samae no momento é o descarte inadequado de lixo nas represas

Atualizada dia

Após o lançamento do verão seguro 2020, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) segue com a motivação de intensificar as abordagens para prevenir afogamentos nas lagoas, barragens e lagos existentes no Município. A equipe da Guarda Municipal já fez 450 abordagens nessas duas semanas de operação. O patrulhamento no entorno das represas foi reforçado com a equipe do Centro de Ações Preventivas e a equipe operacional que cuida da Zona Norte, além da Patrulha Ambiental que foi criada com esta finalidade.

“A população está entendendo que acidentes acontecem quando não são respeitados os limites. Sabemos que as represas são locais convidativos em dias muito quentes, mas não podemos arriscar vidas por esse motivo”, afirma o Chefe da Guarda Municipal Ronaldo Godoy.

As áreas mais procuradas para a prática de banho são as represas Dalbó, Samuara e Maestra. Durante as abordagens, os munícipes são orientados sobre a proibição da prática de banho no local, sobre os perigos, sobre a restrição de acesso à área, além do impacto ambiental.

Tem se constatado um aumento significativo de lixo no local, como: garrafas de bebidas, sacos plásticos, restos de comidas e até mesmo fraldas descartáveis o que acarreta em dano ambiental afetando a sustentabilidade do local. O Presidente do Samae, Idair Moschen faz um apelo para que a população que frequentar esses locais retire o lixo próximo a represas, lagos e rios pode se tornar um problema para toda a população, não apenas da nossa cidade, mas também de outras. Isso porque o curso da água pode levar os descartes por toda a sua bacia hidrográfica, propagando os efeitos negativos.

As rondas da Guarda Municipal estão intensificadas em locais de maior incidente. Também durante o ano letivo, serão realizadas ações de prevenção com palestras e informativos em escolas próximas de represas e barragens. A equipe de Educação Ambiental do Samae irá alertar crianças para os cuidados caso utilizem desses locais para a prática de banho.

“De uma forma lúdica conseguimos passar a informação para os alunos que já entendem sobre o perigo que representa ultrapassar os limites de banhar-se nas represas”, afirma Diego Castellan Elias, componente da equipe de Educação Ambiental do Samae.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone de plantão 24h do Samae, no número 115, para a Guarda Municipal (GM) pelo 153, ou para o Corpo de Bombeiros no 193.

Galeria de imagens
1 de 4 imagens

Foto por Divulgação GM

Foto por Divulgação GM

Foto por Divulgação GM

Foto por Divulgação GM