1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Janeiro

Samae e Prefeitura assinam ordem de início de duas obras importantes para o município

Atualizada dia

Após a assinatura de contrato que ocorreu na Prefeitura do município com o prefeito Flávio Cassina, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) deu início nesta segunda-feira (20/01) à construção de um novo reservatório para atender à Zona Sudeste de Caxias do Sul e a implantação da subadutora De Lazzer/Petrópolis.

O investimento do Samae na obra da Zona Sudeste está estimado em R$ 1,7 milhão, informa o Diretor de Planejamento Integrado da autarquia, Gerson Panarotto. “O novo reservatório será fabricado em chapa de aço parafusado, com revestimento vitrificado, teto em domo geodésico de alumínio, fundações e estruturas da base em concreto armado”, detalha Panarotto.

O novo centro de reservação da Zona Sudeste terá importância na rede de água ao funcionar como volante de distribuição, promovendo a compensação das variações horárias de consumo. Ele também servirá de reserva para atender condições de emergência, em casos de reparos ou rompimentos de rede, ou até mesmo no combate a incêndios na região. Além disso, o reservatório terá papel de regulador de pressão, ajudando a prevenir problemas de perdas de água ou rompimentos da rede.

A previsão é que a obra de construção do reservatório esteja concluída em até 180 dias. Em funcionamento, a estrutura receberá água distribuída pelo Sistema Faxinal, oriunda da Estação de Tratamento Parque da Imprensa, no bairro Nossa Senhora de Lourdes.

Já a implantação da subadutora o investimento está estimado em R$ 1, 2 milhão. Um dos objetivos desta obra, é de promover a desativação da estação de bombeamento do bairro Petrópolis, reduzindo o consumo de energia elétrica e reduzindo a intermitência do abastecimento devido a quedas de energia e manutenção da elevatória. O segundo objetivo é propiciar uma solução definitiva para o abastecimento para a Universidade de Caxias do Sul, visto que esta era abastecida por poços e que os mesmos estão apresentando problemas. Foi realizada uma ligação de forma precária em uma rede que não possui capacidade de atender a demanda de forma satisfatória até que a nova rede seja concluída.

A previsão é que a obra de implantação da subadutora De Lazzer/Petrópolis esteja concluída em até 150 dias.

Galeria de imagens
1 de 7 imagens

Foto por João Pedro Bressan

Foto por João Pedro Bressan

Foto por João Pedro Bressan

Foto por João Pedro Bressan

Foto por João Pedro Bressan

Foto por João Pedro Bressan

Foto por João Pedro Bressan