1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Fevereiro

Aterro Sanitário Rincão das Flores tem capacidade para receber resíduos só até maio

Números da Semma foram repassados pelo titular da pasta em coletiva na tarde desta terça-feira

Atualizada dia

O secretário do Meio Ambiente, Nerio Susin, apresentou à imprensa na tarde desta terça-feira (04/02) dados da área do meio ambiente na cidade. Ele falou das atribuições e estrutura da Semma, sobre licenciamentos e fiscalizações e sobre serviços de manutenção de praças e parques que compete a sua pasta. Entre os dados mais alarmantes, também abordado no discurso do Prefeito Flávio Cassina na abertura do ano legislativo, está o limite do Aterro Sanitário Rincão das Flores, no Apanhador. O local, inaugurado em 2009, só tem capacidade para receber o lixo da cidade por mais quatro meses, isto é, tem um espaço disponível de cerca de 45 mil m³.

Nerio informou que são acondicionados 14.846 m³ por mês no Aterro. "Sendo assim, necessitamos de um espaço útil de 163.306m³". O secretário anunciou que solicitou à Fepam a autorização para disposição até a cota 960m (atualmente limitada até a cota 955m.), para que permita a disposição de ao menos 120.000 m³ viabilizando a operação até o final deste ano.

Paralelo a esta ampliação emergencial, a Semma está elaborando um projeto de ampliação para gerar um espaço útil para mais 11 anos. "O projeto prevê ampliar em mais 1.600.000 m³, num investimento na ordem de R$ 35 milhões, captados junto a fontes de financiamento", garantiu.

Além da situação do Aterro, o secretário do Meio Ambiente destacou um passivo de 634 processos aguardando vistoria (estão sendo avaliados os de junho de 2018) e falta de equipamentos para manutenção de praças e parques. "Nos últimos dois anos não foram instaladas nenhuma lixeira, banco ou grade nas praças e parques. E não temos nenhum em estoque para reposição. O plantio de árvores também foi reduzido pela metade no último ano (de cerca de 5.000 para 2.500 mudas)", apontou. Susin também anunciou investimento de R$ 10 milhões no Centro de Saúde e Bem Estar Animal e ampliação das atuais 44 gavetas para 842 gavetas nos cemitérios públicos da cidade.

Galeria de imagens
1 de 5 imagens

Foto por Marcos Cardoso

Foto por Marcos Cardoso

Foto por Marcos Cardoso

Foto por Fabiana de Lucena

Foto por Fabiana de Lucena