1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Fevereiro

Codeca prepara operação emergencial para reconstrução de malha viária de Caxias

Mesmo com déficit histórico, companhia busca alternativa para custear obras

Atualizada dia

O déficit de cerca de R$ 14 milhões nos cofres da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) não será impeditivo para que a empresa faça obras e ações emergenciais para corrigir problemas que se acumularam até o final do ano passado. Sem investimentos e com contratos defasados, a companhia chegou ao seu limite financeiro. Porém, a estratégia da presidência para recuperar receitas e captar novas fontes de renda, vai garantir a continuidade dos serviço, principalmente, dar uma resposta à comunidade em problemas relacionados à limpeza e a malha viária de Caxias.

Essa garantia foi dada na manhã desta terça-feira, durante uma coletiva à imprensa em que a direção da Codeca detalhou os problemas herdados e quais as estratégias para rever o atual quadro.

Entre as frentes de trabalho já em andamento está uma série de forças-tarefa para realizar a roçada e capina das ruas, avenidas e escolas municipais e a limpeza de áreas transformadas em lixões clandestinos pela população.

Nos próximos dias será desencadeada uma operação tapa buraco para reconstrução de trechos das que concentram o maior fluxo de veículos e, por consequências, têm problemas mais graves. "Não podemos parar de investir. Estamos revendo nos custos, nossos contratos com terceiros para recuperar receitas e seguir investindo", afirma Nestor Basso, presidente da Codeca.

O presidente também informou que nos próximos dias estará concluído o planejamento estratégico da Codeca e, a partir dele, novas ações para diminuir o déficit serão implantadas, como a revisão da tabela que define os custos das obras realizadas pela empresa.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Fabiana de Lucena

Foto por Fabiana de Lucena