1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Fevereiro

Policiamento Comunitário volta à pauta dos órgãos de segurança pública

Atualizada dia

O Policiamento Comunitário é um tema recorrente nas ações da Comissão de Segurança e Proteção Social (CSPPS) da Câmara de Vereadores. No ano passado, foi realizada uma Audiência Pública sobre o assunto, onde representantes de diversos bairros pediam a manutenção e ampliação deste formato.

Nesta quinta-feira (20/02) foi realizado um encontro na Prefeitura de Caxias sobre o tema para buscar alternativas, já que policiamento no formato anterior, em que os policiais moram nos bairros em que atuam, não é mais possível. Participaram da reunião, no Salão Nobre, o Prefeito Flávio Cassina, o Vice-prefeito e secretário do Planejamento, Edio Elói Frizzo, o titular da Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social, Hernest Larrat dos Santos (Junior), o comandante do 12º BPM, Ten. Cel. Jorge Emerson Ribas, a presidente da CSPPS, vereadora Paula Ioris, empresários e representantes da comunidade

A filosofia do policiamento comunitário permanece, e é utilizada associada a outras formas de atuação da segurança, como com a tecnologia, por exemplo. A vereadora Paula Ioris explica que também foram definidos encaminhamentos que auxiliarão na atuação nos bairros e na comunicação entre comunidade e forças de segurança.

Também serão compartilhados com o grupo contatos das viaturas-base da BM das áreas leste e oeste e da Guarda Municipal. “A partir de março iremos retomar as patrulhas comunitárias com as viaturas”, complementa o comandante do 12º BPM, Ten, Cel. Ribas.

O empresário Elvio Gianni, representante de um grupo de 35 lideranças de bairros, salientou que não é mais possível pensar em policiamento comunitário sem o envolvimento efetivo das pessoas da comunidade. “Essas ações que buscamos não são somente para os bairros representados aqui. É para toda a cidade”, salienta.

A atuação da Guarda Municipal também tem sido muito mais efetiva e reforça o trabalho de policiamento ostensivo em Caxias. Estão sendo feitas operações periódicas chamadas Nômade Cerca Caxias, em parceria com outras forças de segurança. “É um trabalho integrado que envolve a Guarda, a BM, o IGP e mais recentemente os Bombeiros e a Secretaria de Urbanismo”, relata o secretário de Segurança, Hernest Larrat dos Santos (Junior).

As viaturas da Guarda também irão atuar fazendo patrulhamento nos bairros e não só ficando em pontos fixos da cidade.

Foto por Fabiana de Lucena