1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Fevereiro

Procura por vacina contra febre amarela cresce 1040% em Caxias

Casos da doença registrados em humanos no estado de Santa Catarina são o principal motivo do aumento na procura

Atualizada dia

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), registou um aumento de 1040% nas aplicações de vacinas contra a febre amarela se comparado a fevereiro do ano passado. De 01 a 15 de fevereiro de 2019 foram 402 aplicações. Já, no mesmo período deste ano, foram 4586 pessoas imunizadas.

Segundo a Diretora da Vigilância em Saúde, da SMS, Andréa Gurgel Batista Leite Dal Bó, a população intensificou a procura pela vacina após os registros da doença em humanos no estado de Santa Catarina. "Temos muitos caxienses que veraneiam em Santa Catarina ou até mesmo viajam a trabalho. Como a vacina é a única forma de prevenção, a população tem procurado se imunizar, o que vemos como positivo".

Os estoque nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município estão baixos. A SMS solicitou à 5ª Coordenadoria Regional de Saúde mais 10 mil doses, que devem chegar na próxima sexta-feira (21). Devido ao feriado de Carnaval, as UBSs estarão fechadas nos dias 24 e 25, retornando ao expediente na quarta-feira (26), ao meio-dia.

A febre amarela é uma doença de evolução rápida. Os principais sintomas são febre, dor de cabeça intensa, dor abdominal, hemorragia e ictericía (pele amarelada).

Febre Amarela

É uma doença infecciosa febril aguda, que pode levar à morte em cerca de uma semana se não for tratada rapidamente. Em ambiente silvestre, os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes transmitem o vírus, e os macacos são os principais hospedeiros. Os casos humanos ocorrem quando uma pessoa não vacinada entra em contato ou mora próximo às matas e é picada por um mosquito contaminado. No ciclo urbano, o vírus é transmitido ao homem pelos mosquitos Aedes aegypti.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Andréia Copini

Foto por Andréia Copini