1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Março

Vigilância Ambiental já identificou nove focos do Aedes aegypti em Caxias do Sul

Larvas do mosquito foram encontradas em três bairros da cidade

Atualizada dia

A Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já identificou nove criadouros do mosquito Aedes aegypti em Caxias do Sul, neste ano. Os focos foram localizados nos bairros De Lazzer (5), Cruzeiro (2) e Santa Lúcia (2), durante as visitas de rotina dos agentes de combate às endemias e estavam dentro de pneus, baldes, potes, entre outros objetos com acúmulo de água parada.

Sandra Tonet, diretora técnica da Vigilância Ambiental, recomenda que as pessoas utilizem o tempo em que estão em casa se protegendo do coronavírus para limparem os objetos na sua residência e arredores. “Com a recomendação de quarentena para prevenir contra o coronavírus, os agentes não estão realizando as visitas no momento. As pessoas podem utilizar esse tempo em casa para conferirem se não existe algum objeto dentro ou nos arredores que esteja acumulando água parada”, comenta.

Existem no município 215 pontos estratégicos que são monitorados a cada 15 dias, como forma de prevenção. Sempre quando há um foco, a equipe faz uma varredura em residências, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais e industriais localizados cerca de até 300 metros próximos desses focos, visando evitar a proliferação do inseto.

Para finalizar, Sandra salienta a importância dos cuidados contra o Aedes mesmo em meio a pandemia. “Alertamos toda população que apesar da situação de pandemia do coronavírus , a dengue é um risco que não pode ser esquecido”, conclui.