1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Maio

Grupo de Câmbio da Smel produz colcha de crochê durante isolamento social

Valor da venda será revertido para comprar materiais de saúde e/ou cestas básicas

Atualizada dia

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer conta que o Grupo de Câmbio do bairro Cruzeiro aproveitou o isolamento social para produzir e socializar entre si, mas cada uma em sua casa. Enquanto as aulas não voltam, as alunas que fazem crochê, passaram a produzir quadradinhos de crochê (20x20) para uma colcha tamanho casal.

Quem teve a ideia foi a aluna Eva Borges Betto, de 72 anos anos. Inicialmente, a ideia era doar a colcha para que alguém pudesse se aquecer durante o inverno, mas depois de algumas conversas entre o grupo, o alunos do câmbio decidiram vender a colcha e reverter o dinheiro para ajudar um grupo maior. "Eu faço crochê há muito tempo. Nesta quarentena que precisamos nos cuidar, principalmente os mais velhos. Eu já tinha pensado em fazer casaquinhos para doar para o Hospital Geral. Só pensei na colcha, passei para o grupo, que é um grupo maravilhoso e começamos a trabalhar. E deu certo! A colcha já está vendida e com a renda vamos comprar cestas básicas para ajudar famílias que estão precisando”, conta.

As alunas produziram os quadradinhos de crochê e enviaram todos à Eva, que uniu todos e finalizou o trabalho. A colcha foi vendida por R$ 500,00.

Programa de Câmbio

O programa de Câmbio visa adaptar os desportos convencionais em suas regras normais e de formas de jogo, sem descaracterização das mesmas, dando aos integrantes condições de participação, independente de seu condicionamento físico ou de suas habilidades desportivas. O público-alvo são pessoas acima dos 50 anos, de ambos os sexos, com atendimento semanal.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Divulgação

Foto por Divulgação