1. Início
  2. Notícias
  3. 2020
  4. Julho

Caxias do Sul aguarda documento da Famurs para flexibilizar comércio e restaurantes

Autonomia deve ocorrer mesmo com o anúncio do governador que o município está em bandeira vermelha esta semana

Atualizada dia

A Região da Serra, incluindo Caxias do Sul, permanece na bandeira vermelha na 12ª rodada do Modelo de Distanciamento do Governo do Estado. O recurso encaminhado pela Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), com a apresentação dos dados do Observatório Regional, foi negado pelo Governo. O governador Eduardo Leite anunciou agora pouco a permanência da região na bandeira vermelha nesta semana.

Entretanto, Leite acenou na tarde desta segunda para a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) sobre a possibilidade dos municípios terem autonomia em alguns setores. Um documento com essa reivindicação também foi encaminhado ao Governo Estadual pela Amesne no final de semana.

Cassina aguarda a orientação da Famurs e Amesne para flexibilizar alguns setores, independente da cor da bandeira. "Continuamos na bandeira vermelha, mas paralelamente temos um documento assinado pelos prefeitos de todos municípios da região para flexibilizar alguns setores, adotando critérios da bandeira laranja. Estamos aguardando a orientação da Famurs, que por sua vez vai passar à Amense e, provavelmente, teremos que fazer um decreto em consonância com os demais municípios", informa. O Prefeito anuncia que comércio e serviços serão os primeiros a voltar às normas da bandeira laranja. "Neste primeiro momento trabalhamos com a abertura do comércio e dos restaurantes como se estivéssemos em bandeira laranja, tendo os cuidados de distanciamento e regras de higiene exigidos".

A bandeira vermelha vale por uma semana. Além do Modelo de Distanciamento do Governo do Estado, em Caxias do Sul decretos municipais estão em vigor, principalmente o que proíbe a entrada de grupos nos estabelecimentos comerciais, uso obrigatório de máscaras e fechamento de praças e parques nos finais de semana evitando aglomerações.