1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Fevereiro

FAS institui Centro de Operações de Emergência

Medida foi tomada para intensificar as ações de prevenção à covid-19

Atualizada dia

Com o objetivo de auxiliar as suas equipes de serviços para melhor execução das atividades nesse momento crítico da pandemia do coronavírus, a Fundação de Assistência Social (FAS) instituiu, internamente, o Centro de Operações de Emergência (COE). A medida está amparada no decreto 21.042, de 2 de julho de 2020, que criou o Centro de Operações de Emergência do município. Também se alinha ao decreto 21.401, de 20 de fevereiro de 2021, que reitera a situação de emergência e estabelece medidas para o enfrentamento do novo coronavírus em Caxias do Sul.

A presidente da FAS, Katiane Boschetti da Silveira, destacou que o objetivo da composição do COE é contar com a experiência e contribuição dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que estão na ponta dos serviços. “Precisamos adotar e fixar as medidas que se fizerem necessárias para a garantia da segurança e cuidado de todos os trabalhadores e usuários”, assinalou, reforçando a importância da manutenção do distanciamento social e do uso ininterrupto de máscaras e demais equipamentos de proteção individual no ambiente de trabalho. O decreto estadual 55.764 ratifica a Assistência Social como serviço essencial, mantendo, assim, de forma contínua, a prestação de serviços de atendimento à população em situação de vulnerabilidade ou risco social.

COMPOSIÇÃO

O COE será integrado pela presidente da FAS, Katiane Boschetti da Silveira; pelas diretoras Geórgia Ramos Tomasi (Administrativa) e Cristiane Bacelar Dorneles (Serviços Operacionais); por Rafael da Silva Vieira e Elisandra Soares Lisbôa (membros da Comissão de Avaliação de Testes), e um representante de cada Proteção Social. Ficam designados na Diretoria de Gestão do SUAS, Ana Paula Pereira Flores; no Cadastro Único, Rafael Zucco; na Gestão de Parcerias, Eveline Bisol; na Proteção Social Básica, Melisa Chana Boz e Andressa Xavier da Rosa; na Proteção Social Especial de Média Complexidade, Maria Virginia Ferraz Carvalho Pereira; e na Proteção Social Especial de Alta Complexidade, Ramison dos Santos. O COE contará também com representante das Organizações da Sociedade Civil (OSC).

Foto Valesca Ribas