1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Abril

Prefeito assina ordem de início para implantação da adutora São Virgílio-Altos de Galópolis

Serão implantados mais de 14 mil metros de rede, beneficiando cerca de 900 famílias

Atualizada dia

O prefeito Adiló Didomenico e o diretor-presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE), Gilberto Melleti, assinaram, na tarde desta terça-feira (27/04), a ordem de início para implantação da adutora de água tratada São Virgílio-Altos de Galópolis. O ato ocorreu no Salão Nobre do Centro Administrativo, com as presenças da vice-prefeita Paula Ioris; do presidente da Câmara Municipal, vereador Velocino Uez; do presidente da União das Associações de Bairros, Valdir Walter; do presidente do Altos de Galópolis, Eugênio Petry; do diretor da Divisão de Planejamento Integrado, Gerson Panarotto; do engenheiro responsável pelo projeto e fiscal da obra, Paulo Boff; assessores e servidores do Samae.

Serão implantados 8.860 metros de rede adutora em PVC, sendo 5.620m de 150mm e 3.240m de 200mm, em um investimento de R$ 2.197.736,36. Serão beneficiadas cerca de 900 famílias do Bairro São Virgílio, São Francisco, parte rural das regiões da 6ª Légua e da 4ª Légua, até o Loteamento Altos de Galópolis.

Atualmente, o abastecimento da região do Altos de Galópolis é feito três vezes por semana, por meio de caminhões-pipa, sendo quatro cargas de 15 mil litros de água em cada entrega. A implantação dessa rede diminuirá as perdas reais e comerciais, visto que a região sempre foi abastecida sem qualquer cobrança efetiva da água disponibilizada.

Em São Virgílio existe uma rede fina, de 50 mm, que abastece a comunidade. A rede não tem vazão suficiente para atender o número de moradores, o que deixa o abastecimento precário. Com a implantação de tubulação maior, a disponibilidade da água será normalizada, diminuindo as constantes faltas.

Velocino Uez lembrou que a comunidade luta por essa obra há mais de 10 anos. “Os moradores daquela região aguardam ansiosos por um abastecimento de qualidade. Essa obra representa dignidade para cidadãos que esperam a normalização do sistema”, salientou.

Meletti explicou que essa é mais uma obra que auxiliará na redução das perdas de água. “Deixaremos de levar água com os caminhões e passaremos a cobrar o consumo das famílias. Além de diminuir as perdas, poderemos investir ainda mais em obras para qualificar o serviço prestado”, disse o diretor-presidente.

O prefeito Adiló destacou a importância da obra. “Caxias, há anos, não necessita racionar a água, graças aos constantes investimentos. Essa rede logo vai se pagar, uma vez que nenhum morador se nega a instalar um hidrômetro em sua residência porque, nesses casos, o registro é sinônimo de qualidade de vida. Essa é só mais uma obra grande das várias que vocês estão fazendo. Trabalho em equipe dá resultado e vocês estão de parabéns”. Contratada para realizar a obra, a Nort Brasil Incorporadora e Construtora tem prazo de 300 dias para execução dos serviços.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Laura Piola

Foto por Laura Piola