1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Julho

Especialistas iniciam avaliação de amostras de vinhos e sucos

Etapa, que segue até quinta, encaminha indicação dos melhores produtos na 24ª edição do concurso

Atualizada dia

A Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) e a Rede de Vinícolas (Revinsul) deram início nesta terça-feira (20.07) à etapa de degustação do 24º Concurso dos Melhores Vinhos e Sucos de Uva de Caxias do Sul. Até quinta-feira (22.07), 15 especialistas vão avaliar as 178 amostras inscritas pelas 32 cantinas participantes. A análise sensorial está sendo realizada no Centro de Eventos da Festa da Uva. Já o tradicional jantar de premiação ainda não tem data prevista, pois depende da situação da pandemia de coronavírus.

No início da manhã, o titular da SMAPA, Rudimar Menegotto, deu as boas-vindas aos avaliadores e agradeceu por mais um ano de parceria. “A participação de profissionais reconhecidos na análise sensorial das amostras confere seriedade e credibilidade ao concurso”, afirmou. A exemplo do ano passado, o número de degustadores foi reduzido de 21 para 15 em função da pandemia. Os especialistas foram divididos em três bancadas, com o afastamento exigido pelos protocolos sanitários, garantindo o distanciamento social.

Pela segunda vez no grupo de avaliadores, a enóloga Renita Regalin Onzi acredita que a tarefa é de imensa responsabilidade. “Todos envolvidos no concurso têm um objetivo comum, que é melhorar cada vez mais a qualidade do vinho brasileiro, especialmente da Serra Gaúcha e de Caxias do Sul”, define. Ela considera que os holofotes estão voltados para o segmento vinícola, e não apenas pelo aumento no consumo de vinhos desde o início da pandemia. “Ainda há muita resistência com o produto nacional, porém a evolução é nítida, tanto na qualidade dos insumos, das safras de uva e na aplicação de tecnologia”, observa Renita.

As amostras concorrem em sete categorias. Nesta terça (20) foram degustados os vinhos Brancos de Mesa, Rosados de Mesa e Brancos Viníferas. Na quarta (21) será a vez dos vinhos Tintos de Mesa e Tintos Viníferas. Na quinta (22), último dia da análise sensorial, serão avaliados Vinhos Engarrafados de Uvas Viníferas e os Sucos de Uva. Os vinhos premiados receberão troféus e poderão ser comercializados com o Selo do Concurso (Ouro, Prata ou Bronze) correspondente à respectiva premiação. O evento, que chega à 24ª edição, foi criado em 1998.

Neste ano, o número de amostras surpreendeu os organizadores: foram 178 no total, 33 a mais que no ano passado. “Em 2020, com o início da pandemia, as atividades começaram mais tarde. Com isto, e também devido à demanda do mercado, muitas vinícolas acabaram comercializando a produção e não tiveram como inscrever as amostras. Desta vez, acreditamos que houve mais tempo para todos se organizarem, tanto de nossa parte como das cantinas”, observa o engenheiro agrônomo da SMAPA, Flávio Hillebrand. Segundo os técnicos, tanto em 2020 como em 2021, a safra de uvas foi considerada de ótima qualidade.

Galeria de imagens
1 de 2 imagens

Foto por Alexandra Baldisserotto

Foto por Alexandra Baldisserotto