1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Agosto

Prefeitura inicia cadastramento de famílias do Loteamento Vitória

Ato, na manhã de sábado (28/08), também teve assinatura de ordem de início de obras da área de lazer

Publicada dia

Equipes da Secretaria do Urbanismo de Caxias do Sul iniciaram, na manhã de sábado (28/08), o cadastramento das 518 famílias moradoras do Loteamento Vitória, primeira área a ser beneficiada com o programa “Esse terreno é meu”, que integra o processo de regularização fundiária, instituído por lei municipal neste mês. Ao mesmo tempo em que servidores atendiam os moradores em local cedido pelo presidente da associação do bairro, Genésio de Jesus, o prefeito Adiló Didomenico assinava a ordem de início das obras da área de lazer para a comunidade.

O espaço, com mais de 2,5 mil metros quadrados, receberá uma série de equipamentos para esportes e atividades físicas, além de locais para descanso. O investimento de R$ 352 mil para implantação da estrutura será feito pela MRV Engenharia como compensação a um empreendimento construído no Desvio Rizzo. A Dalfovo, empresa contratada para a execução do serviço, terá 180 dias de prazo para a entrega da praça. A expectativa é que as obras se iniciem a partir da segunda (30/08).

O presidente Genésio de Jesus definiu o momento como especial pelo início efetivo da regularização do bairro e pela área de lazer. Pediu apoio da comunidade para a preservação da área, quando pronta, lembrando que duas iniciativas anteriores foram vandalizadas. Valdir Valter, presidente da União das Associações de Bairros, destacou a importância da regularização para os moradores do Vitória, que começaram a se instalar no local há 23 anos. Enfatizou que as conquistas ocorrem com a mobilização da comunidade, levando seus pleitos aos gestores públicos. Reforçou o apelo de Genésio ao definir a área de lazer como sendo um patrimônio da comunidade que deve ajudar na sua manutenção.

O secretário do Urbanismo, João Uez, salientou que ao longo dos próximos 20 a 30 dias será mantido o recadastramento das famílias, seguindo-se posteriormente mais um prazo de 30 a 40 de trabalhos internos na Prefeitura para o encaminhamento dos títulos de propriedade. Uez renovou manifestação feita em outro momento pelo prefeito Adiló de entregar até o Natal os documentos legalizando as propriedades. Reforçou a importância da regularização citando que, sem ela, a construção da praça não seria possível.

Para o prefeito Adiló Didomenico, a organização do movimento dos moradores do Vitória é um exemplo a ser seguido pelos demais 600 loteamentos que precisam de regularização. “Com o registro, cada morador passa a ser de fato e de direito o proprietário do imóvel, o que traz dignidade a todos”. Também anunciou que determinará ações para calçar a Rua 7 de Abril, única ainda sem este benefício no bairro.

Com a participação de mais de uma centena de moradores, o ato da manhã de sábado ainda teve as presenças dos secretários municipais da Habitação, Carlos Giovani Fontana, de Obras, Norberto Soletti, e do Meio Ambiente, João Osório; do chefe de Gabinete, Cristiano Becker; do presidente da Câmara Municipal, Velocino Uez, e dos vereadores Olmiro Cadore, Clóvis Xuxa de Oliveira, e Adriano Bressan; do deputado Neri, o Carteiro; e do ex-vice-prefeito Elói Frizzo.

Galeria de imagens
1 de 7 imagens

Foto por Rodrigo Rossi

Foto por Rodrigo Rossi

Foto por Rodrigo Rossi

Foto por Rodrigo Rossi

Foto por Rodrigo Rossi

Foto por Rodrigo Rossi

Foto por Rodrigo Rossi