1. Início
  2. Notícias
  3. 2021
  4. Agosto

Restaurante Popular centraliza, a partir de quarta, produção de refeições

Transição da produção das cozinhas comunitárias para o Centro da cidade será apresentada à imprensa e convidados na terça-feira (31/08)

Atualizada dia

A partir do dia 1º de setembro, as refeições que eram distribuídas pelas cozinhas comunitárias passarão a ser elaboradas no Restaurante Popular. As mudanças, motivadas pela otimização de compras, aumento e padronização das refeições, com aperfeiçoamento da qualidade, serão apresentadas à imprensa e convidados na terça (31/08), às 9h30, no Restaurante Popular (Rua Sinimbu, 96).

A transição foi planejada pela equipe de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA). “Com as refeições centralizadas no restaurante, conseguiremos padronizar as refeições, mantendo a qualidade e variedade. Nas cozinhas comunitárias dependíamos das doações que o Banco de Alimentos recebe. Para fazer a quantidade necessária, às vezes era preciso misturar tipos diferentes de massa, por exemplo, que não têm o mesmo tempo de cozimento. No restaurante, os alimentos serão comprados, otimizando os recursos e quantidades”, explica a diretora técnica da Segurança Alimentar, Cristina Fabian Gregoletto.

Ao longo do mês de agosto, as cozinhas comunitárias do Canyon e do Mariani permaneceram fechadas. Porém, as famílias foram atendidas com cestas básicas, frutas e verduras. “É importante salientar que no Canyon, onde funcionava a cozinha comunitária, será implementado a partir de 1º de setembro o Núcleo Integrado de Políticas Públicas, com diversas ações do Poder Público Municipal para seguir atendendo as famílias cadastradas, o que significa um ganho para a comunidade”, observa o titular da SMAPA, Rudimar Menegotto.

A partir da transição, o Restaurante Popular passará a servir cerca de 1,3 mil refeições diárias. “Ainda aproveitaremos a estrutura do Restaurante Popular, de equipamentos e equipe adequada, permitindo a produção de uma refeição com qualidade assegurada”, acrescenta Cristina Gregoletto.

Foto por SMAPA, Divulgação